Hairstylist ensina técnicas de como usar o babyliss

Hairstylist ensina técnicas de como usar o babylis

O renomado hairstylist americano Matt Swinney se apresentou na Hair Brasil 2012 em parceria com a Lanza cosméticos para ensinar técnicas de novos cortes e estilos para os cabelereiros. E claro que aproveitamo para pegar alguns truques para você que usa o aparelho em casa também.

Swinney também uma explicação bem didática de como usar o babyliss. Como a tendência hoje é ondular os cabelos de forma mais natural, à là Gisele Bundchen, o especialista mostrou diversas maneiras de fazer cachos usando a mesma ferramenta.

Um produto que o hairstylist sempre usa é o spray salino, aquele spray de praia. E também existe uma forma correta de usar. Evite espirrar o produto perto do cabelo, que logo encorpa. E sempre mantenha uma distância razoável dos fios. Uma borrifada, seque com o secador, e borrife mais uma vez.

Com um babyliss de tamanho grande, ele mostrou a maneira mais adequada de enrolar os cabelos. Ao invés de enrolar as mechas com a mão em volta do aparelho, ele fez o procedimento de levar o babyliss até o cabelo da modelo.

As mechas da frente devem ser enroladas no sentido para fora do rosto. Quando a mecha é feita virada para "dentro", Swinney explica que o efeito é mais artificial e deixa o cabelo endurecido.

Quanto às mechas laterais e da parte de trás, você pode ir alternando. A primeira de fora para dentro, a segunda no sentido de dentro para fora e assim por diante.

Quanto tempo deixar o cabelo preso no babyliss? O hairstylist explica que ao tocar levemente na ponta do ferro que não tem cabelo, já é possível saber a hora de tirar. Se a temperatura já está muito quente nessa área, é porque já é hora de soltar a mecha modelada.

Swinney também mostrou que quanto mais a mecha fica arrumada dentro do babyliss, melhor o resultado. Por isso evite, enrolar os fios de qualquer jeito na ferramenta.

Outro truque ao final do processo é mexer nos cabelos. "Muitos profissionais evitam tocar no cabelo depois de pronto. Mas o ideal é saber manipulá-los, fazendo o efeito ‘desfeito’, que dá o toque natural que se deseja aos cabelos ondulados", finaliza.

Por Jessica Moraes

Comente