Hair Stylist X cabeleireiro

Muitas pessoas costumam confundir as duas profissões, achando que desempenham o mesmo tipo de papel
Hair Stylist

Você vai ao salão de beleza para cuidar dos cabelos e, enquanto conversa com o profissional, ele dá conselhos sobre o tipo de corte que melhor combina com seu estilo e modo de ser. E mais, diz que esse tipo de corte está na moda na Europa ou nos Estados Unidos. Você fica surpresa já que não sabia que seu cabeleireiro estava tão antenado com as tendências da moda e de estilo. E aí você descobre que a figura com as mãos nas suas madeixas não é somente um cabeleireiro: é um hair stylist.


Muitas pessoas costumam confundir as duas profissões, achando que desempenham o mesmo tipo de papel. Mas existem diferenças sim. “Hair stylist, além dos conhecimentos e domínio técnico do cabeleireiro, possui uma visão globalizada de moda, estilo e comportamento do cliente”, explica Hélio Sassazaki, coordenador do curso de Visagismo do Senac, de São Paulo. E completa dizendo que hair stylist só fará indicações de cortes, volumes e cores após toda a análise do cliente.

Para fazer a análise e traçar o perfil é necessário saber como a cliente se comporta no dia-dia, seus gostos, como é vida profissional e os finais de semana para, então, poder criar um visual compatível com a personalidade. “O hair stylist, além de ser cabeleireiro, atua como um consultor para cabelo e estilo, enquanto o cabeleireiro cuida apenas do cabelo”, resume.

Para se tornar um hair stylist é necessário fazer um curso profissionalizante, onde as competências serão ensinadas. O Senac oferece um curso, com carga horária de 300 horas, sem pré-requisito. Os alunos normalmente já são cabeleireiros, mas qualquer um pode participar. Entre uma disciplina e outra, quem se matricula vai aprender sobre noções de moda e penteados arrojados, além das técnicas para conhecer os tipos de formatos de rosto existentes e o corte de cabelo indicado para cada um.

Por Cínthya Dávila (MBPress)

Comente