Hair Chalk – é uma boa colorir os fios com giz?

Dermatologista alerta para os contras do método
Hair Chalk

fotos: reprodução

Para mulheres que sempre tiveram o sonho de colorir os cabelos sem tintura química, eis uma tendência estrangeira que está começando a fazer sucesso por aqui: o Hair Chalk!

O Hair Chalk é um método de coloração temporária que utiliza giz de pastéis secos encontrados em papelarias ou lojas de materiais artísticos para colorir superficialmente os fios.


As cores vibrantes duram de 1 a 3 dias e se você não gostou do resultado ou já cansou, é só lavar que as cores saem e a cor natural do seu cabelo não é prejudicada.

Com o material em mãos, prefira usar luvas para colorir os fios, porque suja bastante. Se o seu cabelo for escuro, umedeça os fios para a cor fixar bem neles. Se o seu cabelo for claro pode pular esta etapa. Segure o giz na posição horizontal e aplique-o na mecha reta, com movimentos de cima para baixo. Repita o movimento no cabelo escuro – é preciso ter paciência para a cor impregnar. 

Opinião do dermatologista

Hair Chalk

fotos: reprodução

Apesar de parecer tudo de bom, já que o Hair Chalk não agride tanto quanto um tratamento químico, de acordo com dermatologista Gabriel Sampaio, o problema não será a queda mas a quebra do fio. 

“É o que chamamos de distúrbio da haste adquirida, onde pontos de fragilidade se formam ao longo do cabelo que quebra-se facilmente ao pentear ou lavar, deixando - os em diferentes comprimentos”, explica.

Além do dano à cutícula do fio e a impregnação cosmética de produtos, o especialista adverte que os pastéis secos tornam os fios mais ressecados e porosos. 

Durante a aplicação das mechas, orienta-se também o uso de chapinhas e/ou babyliss para fixação da cor. Segundo o dermatologista, esses métodos de aquecimento não são indicados, pois provocam verdadeiras queimaduras e formação de bolhas dentro do fio do cabelo, com consequente quebra do fio.

Por isso, se for arriscar, muito provavelmente você terá de usar um xampu antirresíduos  para limpeza profunda capilar. Ele abre a cutícula do fio para retirada do produto durante a lavagem, devida à forte impregnação desses pigmentos. 

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: cabelos coloração