Escova Indiana - técnica para reduzir o volume

[img=1]

São tantas técnicas de alisamento que a mulherada até se confunde quando vai escolher a melhor para os cabelos. Sem informações e pouco conhecimento sobre o assunto, muita gente com excesso de volume recorre aos produtos mais agressivos, com formol, e se arrepende com o resultado final.

Os cabelos ficam danificados e com a aparência de "alisados", com a raiz e as pontas muito retas, sem volume. Por isso, conforme o cabeleireiro Julinho do Carmo, o correto para este tipo de cabelo é investir em relaxamentos, que alisam gradativamente e não "matam" a fibra capilar, como os alisamentos.

Recentemente a sua equipe de químicos desenvolveu a Escova Indiana. "É feita com queratina e silicone, responsável por hidratar e deixar os fios mais macios. A escova dá emoliência ao fio e reduz o volume em até 70% conforme a fibra capilar, mas isso depois de três ou mais aplicações", explica.

Também conhecida como técnica de restauração capilar, a escova tem extrato de chá verde e gengibre, substâncias antioxidantes que ajudam na renovação capilar e ajudam a diminuir o volume. Já as proteínas da castanha da Índia tonificam e fortalecem os fios, que ficam mais brilhosos.


As aplicações são feitas em duas horas e com intervalos de dois meses. Lembrando que os cabelos são lavados após 48 horas. Julinho garante que as substâncias usadas não agridem o couro cabeludo e os fios. "Apenas utilizo em grávidas com autorização médica, do contrário, não aplico de jeito nenhum", ressalta.

Conforme registrado no site da Anvisa, a Escova Indianas (Escova Indiana Coiffer, Shampoo Pré-tratamento Escova Indiana-Le Mirage, Concentrado de Queratina Escova Indiana Miss Paty,

Defrizante Termoativado Escova Indiana Miss Paty, Shampoo Higienizador sem sal Escova Indiana Miss Paty) estão notificadas e permitidas para o uso. (http://www7.anvisa.gov.br/datavisa/Notificado/Rnotificado.asp).

Por Juliana Lopes

Comente