De loira para morena: use a técnica da pré-pigmentação

De loira para morena use a técnica da prépigmentaç

Foto: Divulgação/ Just Jared

Mudar a cor do cabelo não é um processo tão simples quanto se imagina. Principalmente se você ficou loiríssima e agora quer dar uma escurecida nas madeixas. Se você simplesmente colocar a tinta desejada, sem nenhum preparo, o resultado pode ser desastroso: a cor não vai pegar ou, se pegar, vai deixar os fios manchados.

Mas calma, tudo tem solução. Basta colocar em prática a técnica da pré-pigmentação. Conhece? O hairstylist Alex Lima, do Studio Blowout explica: "Ela prepara o cabelo que vai receber uma coloração. Normalmente, usamos a pré-pigmentação quando a mistura de tons pode criar um tom indesejado e precisamos de uma cor de apoio para um resultado final satisfatório."

No caso de uma mulher que é loira e quer ficar morena a técnica de pré-pigmentação é uma boa solução para garantir a cor desejada. Alex Lima usa como exemplo uma pessoa que tem o cabelo na altura de 9 (loiro claríssimo) e deseja ter o cabelo castanho claro 5, que é a cor do seu cabelo natural.

"Se for aplicada diretamente a cor desejada (castanho claro) o cabelo ficará laranja. Sabe por quê? O cabelo loiro tem pigmento amarelo e o castanho claro, pigmento vermelho. Logo, vermelho + amarelo = laranja", esclarece.

Assim, a dica é fazer o pigmento vermelho, aplicar no cabelo, que iria ficar alaranjado do mesmo jeito, para então, após o tempo de pausa, aplicar a coloração da forma tradicional. "Isto deve ser feito por um profissional para um bom resultado. É importante também utilizar uma linha de manutenção indicada para cada tipo de cabelo e esta deve ter o pH abaixo de 4,5", orienta Alex.

Existem várias técnicas de pré-pigmentação. Para o VilaMulher o hairsylist do Studio Blowout explica três:

Primeira técnica e mais antiga: Escolha a cor e aplique um tom mais claro, com nuance acobreada ou avermelhada, pura ou com água morna. Em seguida prepare a cor desejada e aplique com oxidante de 20 volumes, com o tempo de pausa de 35 minutos.

Segunda técnica: Escolha a cor e aplique um tonalizante ou uma coloração com oxidante de, no máximo, 10 volumes e um tom mais claro com nuance acobreada, avermelhada ou dourada. Deixe em pausa por 20 minutos, enxágue e, em seguida, prepare a cor desejada com oxidante de 20 volumes e tempo de pausa de 35 minutos.

Terceira técnica: Aplique uma cor com um tom mais escuro que a desejada, com nuance dourada. Deixe 40 minutos e enxágue. Esta técnica facilita voltar à cor mais clara, caso a cliente resolva, fato que seria muito difícil nas técnicas acima. Porém, o que predomina aqui é a forma de aplicação, que deve ser precisa e minuciosa em todos os detalhes.


Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente