Charcoal hair: cabelos de carvão são a nova tendência

Essa técnica é perfeita para as morenas que querem iluminar os cabelos sem ter que adotar o loiro e mulheres que querem esconder os fios brancos
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

Se você quer iluminar os cabelos mas não está afim de ficar loira, calma que existe solução. Já ouviu falar no Charcoal hair? Esta técnica de coloração produz o "cabelo de carvão" e está ganhando o coração das mulheres que querem cabelos diferentes do convencional.

Cinza e preto podem dar um efeito não só iluminado como super inovador aos fios. A tendência está fazendo muito sucesso lá fora e promete chegar com tudo aqui no Brasil. O resultado desse tipo de coloração dá um aspecto de fumaça maravilhoso e com destaque.


Mas será que todo mundo pode fazer? Bom, como o cinza é uma “cor fantasia”, é necessário descolorir as madeixas para ele aparecer. Os pigmentos não funcionam como as tinturas convencionais porque não possuem químicas fortes na fórmula. A cor só vai ficar aparente se o cabelo estiver descolorido ou for claro naturalmente. Isso quer dizer que: se os cabelos estiverem danificados ou não aguentarem uma descoloração, o procedimento não pode ocorrer.

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

charcoal hair

Foto: Reprodução/Instagram

Além disso, para criar o “efeito de carvão” é preciso que o fundo do cabelo seja preto ou castanho. Se você é loira e quer investir nas mechas cinzas também, é importante saber que o efeito não será o mesmo por conta do destaque.

Por outro lado, o charcoal hair é ótimo para as mulheres com cabelos escuros que querem disfarçar os fios brancos. As mechas cinzas ficam super bacanas, escondem os cabelos brancos e são uma alternativa aos reflexos loiros.

E aí, você gostou da nova tendência?

Por Thamirys Teixeira

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente