Cabelos quebrados? Aposte nas novas queratinas!

queratina

Pro Keratin Refill, L’Oréal Professionnel - Os produtos atuam em duas frentes: sobre a cutícula do fio e por dentro dela. Xampu R$ 61, Condicionador R$ 81, Máscara R$ 108 e Creme de pentear R$ 79,20.

Seu cabelo passou por processos químicos, como alisamentos e colorações? Seus fios são finos e se quebram com muita facilidade? Você sente seu cabelo "elástico" e com pontas duplas? Calma. A solução para a reestruturação de seus fios está no que conhecemos como novas queratinas!

"A queratina é um nutriente que faz parte da composição natural do fio. Porém, por conta de diversos processos químicos ou mesmo pela ação de agentes externos, como sol, poluição, escova e chapinha, este nutriente vai se decompondo, deixando a estrutura do fio com determinadas falhas", explica o cabeleireiro João Franco, do Studio João Franco.

Aí entra o nosso papel na hora de recompor esse nutriente, e a melhor maneira de fazer isso é usando as novas queratinas. Por que não usar as antigas? O profissional ensina: "Seu uso contínuo pode sobrecarregar o fio, deixando-o com um aspecto pouco maleável e até rijo demais, podendo ocasionar a quebra".

Já as novas, por conterem moléculas menores e estarem envolvidas em outro contexto de fabricação, diante de inúmeros estudos e pesquisas aliados a tecnologia, diminuem bastante estes riscos, que ficam quase nulos.

Hidrolisada ou microqueratina?

Para entendermos melhor os tipos dessa novidade, João especifica: "As chamadas novas proteínas são: a hidrolisada e a microqueratina".

E continua: "A queratina hidrolisada possui moléculas menores, por isso penetra com mais facilidade nas camadas conhecidas como cutículas, que envolvem o fio de cabelo. Já a microqueratina, com partículas ainda menores, penetra profundamente até o que chamamos de medula do fio, um processo de devolução de nutrientes e reconstrução do fio".

Um dos pontos positivos das novas queratinas é que estão presentes em diversos produtos, que vão desde shampoos até cremes finalizadores. "Seu processo de reestruturação do fio é contínuo, mas ao mesmo tempo em que atua na parte interna, deixando o cabelo mais forte, desenvolve um excelente empenho na parte externa do fio, o que reflete na hidratação e brilho, deixando também os cabelos mais sedosos", conta o cabeleireiro.

Fazer em casa ou no salão?

Existem muitos produtos no mercado com esses componentes que ajudam na manutenção diária e prevenção de determinados danos e que podem ser usados em casa. Porém, para tratamentos mais profundos, através da reconstrução com hidratações e máscaras, é necessária a ajuda de um profissional especializado.

"No salão, primeiro lavamos o cabelo da cliente com um shampoo de limpeza profunda para retirada de todos os resíduos decorrentes da poluição. Depois desse processo, aplicamos o creme de tratamento com microqueratina, que age de forma mais profunda no fio, e deixamos agir um tempo, sempre massageando os fios. Feito isso, os cabelos são enxaguados e finalizados com produtos finalizadores que contém a queratina hidrolisada, para que ali continuem sua ação", conclui o dono do Studio João Franco.

Confira, a seguir, uma galeria de produtos indicados com as novas queratinas:

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente