Botox capilar, tratamento para diminuir o volume dos cabelos

Botox capilar

Toda mulher, mesmo involuntariamente, expõe os cabelos aos danos diários. Eles sofrem de janeiro a janeiro: no verão, pela ação do sol, do vento, do sal do mar e do cloro da piscina; e no inverno pelo excesso de água quente e calor demasiado de secadores e chapinhas. Foi pensando nisso que Ricardo Moreno, proprietário do RM Trends, salão localizado no Rio de Janeiro, criou o botox capilar.

O procedimento leva esse nome porque, assim como o botox facial preenche as rugas do rosto, o botox capilar preenche as "rugas" dos cabelos. É importante ressaltar que o capilar não faz uso de toxina botulínica, ao contrário do facial. "É um tratamento estético, a técnica dá aparência de jovem ao cabelo", diz Ricardo. "Ele tira os arrepiados do cabelo e atenua com suavidade sem aparentar que algo foi feito. Nós usamos esse nome porque não fica claro que a pessoa fez uma plástica. É algo muito natural", complementa.

Moreno ressalta que este procedimento não tem como finalidade tratar os cabelos, mas sim eliminar os frizz e diminuir o volume. "Ele abaixa os fios rebeldes, alisando-os", diz. O principal componente da fórmula é o tioglicolato de amônia, substância que amolece a fibra capilar ao ponto dela poder ser moldada. Procedimentos à base deste componente podem causar irritação no couro cabeludo, por isso o teste de alergia é essencial. Além disso, produtos à base de amônia têm um cheiro forte, bastante característico.

Moreno explica como é o processo: "Aplicado nos cabelos, o produto afeta primeiro os cabelos mais fracos, ou seja, justamente os que têm frizz, e é retirado antes de afetar a estrutura dos demais fios". A técnica é mais indicada para cabelos com fios médios a grossos e deve ser usada, portanto, por quem só quer retirar o frizz. "Cabelos muito finos não são os mais adequados para receber o produto", complementa.

Não há semelhanças entre o botox capilar e a escova progressiva. Ricardo explica que a progressiva age em 100% dos fios de maneira uniforme. Já o botox parece selecionar as mechas que necessitam do procedimento, ou seja, os fios elétricos e com frizz.


O criador da técnica lembra que a durabilidade do procedimento não depende somente do número de lavagens. Outro fator decisivo é o grau de hidratação dos fios. "É fundamental tratar os cabelos sempre, independente de usar produtos químicos", recomenda Ricardo Moreno. O valor da aplicação no RM TRends é cobrado por hora. O preço final será definido pelo comprimento e volume dos cabelos. O Botox capilar sai por R$ 300,00 a hora.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente