"Bad Hair Day" nunca mais!

Bad Hair Day nunca mais

Quem é mulher sabe: acordar com o cabelo em pé pode destruir o humor de qualquer uma. O famoso “bad hair day” acontece com mais freqüência do que gostaríamos, principalmente quando não temos tempo disponível para arrumar as madeixas.

É importante saber, entretanto, que este problema tem solução. Apesar do mais comum, prático e funcional ainda ser prender os cabelos, muitas mulheres procuram sua própria forma de resolver a questão. Com aparelhos e produtos milagrosos, o importante é dar um jeito na cabeleira e sair sem medo de ser feliz.

A administradora Fernanda Guerra, de 20 anos, prefere utilizar a chapinha. “Quando acordo, me olho no espelho e meu cabelo está horroroso, pego logo a chapinha para tentar deixar ele melhor. Sempre funciona, porque cabelo liso é cabelo liso né?”, afirmou. Ela ainda disse que, por seu cabelo ser comprido, muitas vezes ela se cansa de alisá-lo e prefere fazer uma trança.

Já a profissional de marketing Danielle Chiandotti, de 18 anos, diz que seu cabelo “acorda” rebelde quase todos os dias. A solução? “Correr para o chuveiro para domar a cabeleira”, explicou.

As mulheres que estiverem sofrendo com um “bad hair day” têm também outras soluções para recorrer. Cabelos curtos que amanhecem espetados devem ser domados com água e mousse para modelar. Já para os encaracolados, é preferível molhar os cachos em pequenas borrifadas e utilizar um leave-in para finalizar o visual. Fios oleosos não têm jeito: se não tiver como lavar, só prendendo. Acessórios como fivelas, tic-tacs, faixas e bonés também podem ajudar.

Outro ponto importante na luta contra o cabelo rebelde é escolher produtos adequados para seu tipo de cabelo (e tê-los sempre a mão na hora da emergência). Fernanda diz que prefere os produtos da Kérastase, recomendado por seu próprio cabeleireiro. Ela afirma que vai de três a quatro vezes por mês ao salão para hidratar as madeixas, e quando não tem tempo faz o tratamento em casa com cremes da mesma marca. Tudo para evitar uma indisposição com os fios. Já Danielle prefere a linha Elsève Nutri-Gloss, pois acredita que deixa seu cabelo mais brilhante e com vida. “Uso tanto o xampu, como o condicionador e o creme de tratamento”, diz. Para ela, o resultado tem sido satisfatório.

O imprescindível, entretanto, é não se deixar abalar pelos fios rebeldes. “Já aconteceu de eu não sair de casa por causa do cabelo. Existem aqueles dias em que a mulher se olha no espelho e não se acha bonita em nada, e geralmente a primeira coisa que observa é o cabelo”, afirmou Fernanda.

Melhor mesmo é dar um jeito no problema e seguir otimista, aprendendo cada vez mais sobre as próprias madeixas e como domá-las. “Com o tempo a gente aprende a lidar com isso, e torna um aparente problema tenebroso em vantagem para sair de casa glamurosa”, completou Danielle, confiante.

Leia também - Elas têm orgulho dos cabelos cacheados!

Fonte - MBPress

Comente

Assuntos relacionados: tempo cabelo humor bad hair day madeixas