Alinhamento capilar: técnica que nutre e alisa ao mesmo tempo!

Além de reduzir volume, esta técnica combate as pontas duplas e o frizz, deixando os cabelos macios e soltos - e o melhor: sem formol!

Nova técnica de escova sem formol promete nutrir e alisar os cabelos ao mesmo tempo.Foto: iStock/Central IT Alliance

Se o seu cabelo é do tipo que até tem a raiz lisa, mas ao longo do comprimento os fios ficam rebeldes e se armam, com volume em excesso, você precisa conhecer o alinhamento capilar: novo tratamento que promete domar o volume, além de tratar e hidratar o cabelo - e com a vantagem de não conter o temido formol em sua composição.


O segredo desta nova técnica é a mistura de aminoácidos - menor unidade da proteína - com um composto da cana de açúcar, resultando em um alisamento suave e natural para os fios, além de hidratar profundamente, deixando os cabelos macios e com brilho. 

Diferente de outros tratamentos que alisam, o alinhamento capilar possui em sua composição 70% de agentes que tratam e hidratam os fios, e os outros 30% de ativos químicos que suavizam a forma do cabelo.

Na maioria dos casos este procedimento proporciona um efeito liso e natural, sem deixar aquele aspecto "chapado" das escovas progressivas. Se você tem um cabelo mais crespo, ele ficará com cachos soltos, e caso tenha cabelos ondulados, ficará um liso natural - o resultado vai depender da textura e do tipo do cabelo.

Realinhamento capilar

A técnica se assemelha ao da selagem térmica, onde o cabelo depois de lavado com shampoo anti-resíduo, passa pelo processo de secagem e aplicação do produto; na sequência finaliza-se com uma selagem através de uma prancha", explica Maickel Esteves, hair stylist do salão Top Milano.

Este procedimento possui uma ótima durabilidade se for acompanhado de cuidados em casa com shampoo e condicionador adequados. Vale lembrar também que é compatível com qualquer outro processo químico, como por exemplo, alisamentos, luzes e colorações. Não existe risco algum em realizá-lo em cabelos já danificados quimicamente - mesmo porque a técnica trata dos fios.

Por Lívia Duarte

Comente