Grinaldas que fazem a sua cabeça!

Grinaldas que fazem a sua cabeça

Foto Divulgação/ Kleber Lopes

Entram e saem gerações, modismos, costumes e o sonho continua o mesmo. A verdade é que a grande maioria das mulheres ainda sonha em se casar de véu e grinalda. E como andam esses acessórios que fazem a nossa cabeça? Dos tipos mais variados e bonitos possíveis. Então, qual é o ideal para cada noiva?

O grande segredo, segundo a equipe de cabeleireiros do Jacques Janine, em São Paulo, é combinar o enfeite com a personalidade de quem vai dizer o “sim”. Por meio dele, a mulher transmite a mensagem que deseja sobre si: moderna, tradicional, ousada.

Muitas mulheres optam pela modernidade, usando broches e jóias nos cabelos. Mas, a orientação do salão é que, na hora de escolher a grinalda, é preciso levar em conta o horário da cerimônia, o tipo de vestido e o jeito de ser de quem vai usá-la.

O cabeleireiro responsável pelo visual da noiva deverá analisar aspectos físicos da moça, como formatos da testa, queixos, os ângulos, as maçãs do rosto e pescoço. Cabelos curtos podem ser ousados e chiques. Usar um véu comprido ou curto dependerá da análise do conjunto. Às vezes, uma simples tiara ou um preso com certo volume atrás da cabeça deixam os curtos chiquérrimos.

As grinaldas mais modernas são as chamadas garras. As tradicionais são do tipo rainha. Para quem se casa pela manhã, ou ao ar livre, a orientação é usar flores naturais, arranjos com linhas mais simples, menos brilho e véus curtos. À noite, tiaras, garras, véus compridos e brilhos.

Veja qual estilo combina mais com a sua personalidade:

Moderno: acessórios como broches e jóias, sem véu

Estilo rainha: coroa e véu comprido

Tradicional: cabelo preso com coroa e véu

Leve: cabelo solto ou semi-preso, com arranjo de linhas suaves, ou mesmo sem arranjo

Requintado: totalmente preso, com coroa

Leia também - Penteado rápido para festa

Por Adriana Cocco

Comente