Aplique entrelaçado nos cabelos

Foto Arquivo MBPress

Taís Araújo adotou o visual: cabelos curtos, lisos e de franja. Para compor o look, ela teve que colocar aplique entrelaçado. Mas que procedimento é esse?

Segundo a cabeleireira Rúbia Schechtel, o aplique é feito com tiras de cabelo colocadas em uma tela. “As tiras com as mechas naturais são presas na cabeça. Elas são entrelaçadas aos fios, com a ajuda de linha e agulha, como se fosse um crochê”, explica a especialista.

Também existe entrelaçamento com ponto italiano, que é feito mecha por mecha, sem o uso de cola. Um aparelho de alta freqüência junta as mechas às madeixas, com polímeros de queratina.

Para manter o visual em dia, a mulher precisa ter alguns cuidados. Quem faz o aplique em tela deve ajustar a cada 20 dias, pois à medida que o cabelo cresce, os nós ficam mais soltos.

Os fios também não podem ficar embaraçados e o condicionador deve ser muito bem retirado na hora do banho. Ao lavar os cabelos, é bom não esfregar o couro cabeludo em movimentos circulares e não pode dormir com eles molhados.

Quando o aplique é feito com queratina, deve-se evitar sauna, touca térmica e hidratação por meio de calor. Ao utilizar secador, é importante secar bem a raiz e pular as emendas. E as mulheres que escolheram o aplique com ponto italiano ainda precisam usar um tipo de escova especial.

Fonte - MBPress

Comente