Cortes de cabelo: 5 segredos para não se arrepender

Estação vai, temporada vem e novos cortes viram tendência. Saiba o que levar em conta na hora da escolha
corte de cabelo

iStock/© sokoziurke

Quem nunca fez um corte de cabelo e se arrependeu no dia seguinte? Por conta da quantidade - e rotatividade - de tendências que surgem, fazer uma escolha equivocada na hora de passar a tesoura nas madeixas, vem se tornando cada vez mais comum.


A escolha do corte ideal deve se adequar não só a moda do momento, mas ao perfil de cada um. Tudo isso é essencial para manter o cabelo bem cuidado depois de sair do salão.

Para evitar gastos desnecessários, o hair stylist do salão Monde K, Wagner Nascimento, separou algumas dicas que irão ajudar a prolongar o efeito maravilhoso de um novo corte de cabelo.

Veja a seguir os truques que ajudam acertar no corte sem arrependimentos da escolha:

1- Conversa franca

Ter sempre um bom diálogo e confiança com o profissional que irá realizar o corte é essencial. Além disso, o cliente precisa ser franco à quanto tempo dispõe para cuidar dos cabelos no dia a dia.

“Saber o tempo que o cliente tem para cuidar do cabelo faz toda a diferença na hora de criar um corte ideal, pois o ideal é criar um visual que se encaixe no seu de cada pessoa. Não basta que a pessoa chegue e indique um corte da moda. O profissional, precisa adaptar esse corte a cada personalidade”, ensina.

2- Atenção ao tempo de manutenção

Um bom corte em longos, normalmente, dura em torno de 45 a 50 dias. Já em curtos, o tempo é menor, em torno de 20 a 30 dias no máximo. Por isso, é importantíssimo guardar bem a data do último corte. Lembrando que um corte sem manutenção dura menos tempo. Portanto, nada de abrir mão de tratamentos, hidratação, xampus e condicionadores específicos para cada tipo de cabelo. 

3- Corte em dia

Muitas vezes, as pessoas, quando querem deixar o cabelo crescer, se esquecem de cortá-lo. Porém, isso é um erro. Ao abrir mão do corte, em vez de acelerar o crescimento a pessoa pode retardar esse processo e prejudicar a saúde dos fios, pois, se as pontas não estiverem bem seladas e tratadas, elas podem se bifurcar (as famosas pontas duplas) e fazer que a duração desse fio seja menor. “Costumo alertar os clientes no salão, lembrando-as que toda árvore para crescer precisa ser podada. Com o cabelo é a mesma coisa", brinca Wagner. 

4- Produtos de qualidade

É comum as pessoas saírem superencantadas do salão no dia do corte, principalmente as mulheres, e depois esse amor todo acabar. Isso é fácil de entender, devido aos produtos coringas que os cabeleireiros sempre têm e que, de fato, fazem toda a diferença. Por isso, é bom sempre pedir ao profissional, indicações de produtos para usar em casa e como fazer isso no dia a dia. 

“Todo cabeleireiro adora passar essas dicas ao cliente. Muitas vezes não sentimos abertura por parte deles para fazer essas recomendações. Mas tenha certeza, que todo cabeleireiro se sente honrado de ser um consultor (de cabelos) para seus clientes. Então, pode abusar das dicas sem medo”, completa.

5- Proteção dos fios

Para quem adora usar suas habilidades em casa com o secador e escova é importante lembrar sempre de usar protetores térmicos para evitar que os fios ressequem e estrague o resultado do salão.

Por Thamirys Teixeira

Comente