Corte de cabelo com os fios secos

Corte de cabelo com os fios secos

Cortar os cabelos é sempre uma delícia para umas e pesadelo para outras. Aparar os cabelos médios e longos, a cada dois meses, e os curtos, todo mês, é o recomendado para a manutenção dos fios. O que muita gente não sabe é que pode sim sair da fórmula que inclui lavar, cortas as pontas e secar. A alternativa é cortar os fios a seco.

Segundo o hairstylist Glecciano Luz, proprietário do Espaço Glecciano Luz, no Rio de Janeiro, o corte com cabelos molhados é indicado para cabelos lisos, ondulados e levemente cacheados. Mas para quem tem cabelo afro, muito cacheado ou muito longo, e quer manter o comprimento, o corte seco é ideal. "É muito bom lembrar também que, hoje, o corte seco faz parte de técnicas super modernas para dar mais leveza aos fios e estrutura", afirma Glecciano.

De contra indicação essa prática não tem nenhuma. Márcio Mello, do salão Éclat, também no Rio, afirma que, tendo consciência de um excelente trabalho, não há barreiras para qualquer cabelo. "Porém, na dúvida, sempre faça um pré-corte nos fios molhados, para estabelecer o corte e poder secá-lo à vontade para, então, cortá-lo definitivamente. O certo é usar todo talento para um resultado que, com certeza, vai ficar show!", afirma o profissional.

Qual a vantagem do corte seco? Cortar os fios com os cabelos molhados sempre pode dar uma alteração no tamanho desejado porque o cabelo, quando seca, sempre dá uma encolhida. Como a seco isso não ocorre, facilita a visualização do real comprimento e planejamento do corte.

A dica mais importante é sempre procurar um profissional que saiba o que está fazendo, antes de cortar o cabelo seco. Esse tipo de corte é delicado e pode causar alguns danos aos fios, se feito erroneamente. "O mau corte e as repetições, de tempos em tempos, do corte errado, estraga os fios. Deve-se procurar um profissional que entenda do assunto e não tentar cortar sozinho em casa", adverte Glecciano.


Para a manutenção dos fios após o corte seco, Márcio indica a utilização de finalizadores à base de água, para definir as madeixas e nutrir o fio. E, alternar o tipo de prática entra as cortadas mensais também pode ser uma boa pedida para ajudar na manutenção das madeixas. "Indico o corte molhado quando a cliente já fez muitos cortes secos consecutivos e, por isso, os fios podem estar danificados e descamados. O cabeleireiro tem mais controle no cabelo molhado", explica Márcio.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente