Cabelos finos e volumosos - dicas de corte e manutenção

Cabelos finos e volumosos

Mulheres que possuem cabelos finos sofrem com a fragilidade dos fios, que se quebram com facilidade. E em alguns casos, eles ainda são volumosos e necessitam de mais cuidados.

Alguns fios de cabelo são finos porque o córtex, uma das partes do cabelo, possui o diâmetro pequeno. "Esses fios podem ser finos por natureza (determinação genética), ou por decorrência de patologias que envolvam a formação dos cabelos (calvície genética, problemas de tireóide, alimentação inadequada, entre outros)", explica Dr. Ademir Jr., médico tricologista.

As madeixas finas podem ser lavadas todos os dias e, por serem frágeis, um dos cuidados sugeridos pelo especialista é aplicar shampoos neutros ou infantis, pois agridem menos. "Alem disso, a temperatura da água mais morna e o uso de condicionadores próprios para fios finos ou frágeis são essenciais para manter a saúde dos cabelos finos".

Na hora de pentear, Carmen Marijuan, Diretora de Marketing da marca Alta Moda É..., sugere que as mulheres prefiram pentes de dentes largos. "Muitas vezes, os cabelos finos apresentam baixa elasticidade e se forem desembaraçados com pentes finos ou escovas poderão se partir", afirma.

Para conter o volume, a mulher de cabelos finos pode fazer uso de um leave-in rico em ativos que aumentem a elasticidade e resistência dos fios. "Quando secar, deve manter o aparelho a uma distância de 15 centímetros dos cabelos e trocar a escova pelas mãos, fazendo movimentos de assentamento dos fios enquanto os mesmos se secam", orienta Carmen. Somente depois de secos, quando os fios estão mais resistentes, pode-se usar a escova apenas para modelar.


Alguns penteados também podem ajudar a reduzir o volume. Uma dica para as mais jovens é abusar de arcos e presilhas, que pode dar volume localizado e deixar o visual mais charmoso. "Para a mulher mais madura, sugiro o corte acima dos ombros", diz a Diretora de Marketing. "E se a ideia é recorrer à tesoura para domar os fios, aposte nos cortes retos, pois favorecem o caimento", finaliza.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente