Mega Hair - especialista atende celebridades em domicílio

Mega Hair  especialista atende celebridades em dom

Milena Toscano em Araguaia. Foto João Miguel Júnior/TV Globo

O que Taís Araújo, Cristiane Torloni, Débora Falabella, Juliana Paes, Cléo Pires e muitas outras celebridades já tiveram ou tem em comum? A cabeleira aplicada através de pontinhos mágicos, ou melhor, da técnica de Mega Hair, só que no caso delas o resultado perfeito tem um nome: Nelma Véo, também responsável pelas novas madeixas de Milena Toscano, a veterinária Manuela, em Araguaia, e o seu par romântico, Solano, interpretado por Murilo Rosa - sim, até eles entram na onda.

Cabeleireira e especialista na técnica de alongamento há mais de 20 anos, Nelma freqüenta a casa das celebridades por conta da manutenção das madeixas. Quando há transformação de atriz na Central Globo de Produção, lá vai ela ficar horas em pé, até mais de dez. Esse tempo ela levou para aplicar os longos cachos em Taís por conta da personagem Helena (Viver a Vida). A reaplicação dos cabelos é feita em domicílio, assim as belas mantém a cabeleira em dia no conforto de casa.

"Geralmente elas aproveitam esse período para estudar. Nessa convivência percebi que a rotina delas é muito agitada, estão sempre malhando e tem uma alimentação impecável, inclusive a Milena cozinha muito bem. Todas são sempre muito pacientes", comenta.

O segredo para o sucesso do alongamento de Nelma não está apenas no uso da cola de queratina. "É de uma marca nacional. Antigamente, isso quando vieram as primeiras técnicas ao Brasil, em 1989, era apenas usada uma cola americana, de alto custo. Hoje em dia, a nacional é tão boa quanto. Lembrando que só a de queratina funciona, silicone é para outras finalidades", aponta.

O trabalho de aplicar os cabelos em pequenas mechas é artesanal, requer prática e muita paciência. Até mesmo para retirá-lo, com auxílio de um alicate próprio, Nelma precisa de uma hora. O cabelo usado é natural e comprado em dois fornecedores. Um deles é a empresa Cariocabelos, afinal, ela atende mulheres mais do que exigente, que vivem da sua aparência.

[galeria]

No caso de Cléo Pires, na época da novela Caminho das Índias, Nelma lembra que logo na primeira visita, ao mostrar os apliques, a atriz perguntou: "Por acaso você não teria um cabelo melhor?". E logo ela brincou: "Só se for o da sua mãe". Tempos depois, Cléo chegou com o Mega Hair pronto no salão que frequenta e recebeu só elogios para o trabalho de alongamento. "Ela me contou que os profissionais desse salão deram nota 10 para o resultado final. E disse para eu não ficar metida".

O primeiro trabalho de Nelma foi feito em Cristiane Torloni, quando a atriz teve que alongar os fios para as gravações de América. Antes disso, ela era recepcionista de um salão de beleza e aprendeu o alongamento por acaso. Com a prática começou a trabalhar em domicílios, apenas aos domingos e segundas por conta do trabalho na recepção durante a semana, e acabou no salão de Flávio Priscot, reduto de celebridades.

Nelma explica que no caso da protagonista de Araguaia, ela primeiro acompanhou as luzes feitas no cabelo da atriz pela equipe da Central Globo de Produções, isso antes de usar o Mega Hair. Nesta etapa apenas observou as cores da tintura. "Depois fui em busca de dois tons de apliques semelhantes, escolhi um loiro escuro e um loiro dourado, e fui mesclando os dois tipos de aplique na mesma mecha para não ficar marcado", detalha.

Antes de começar qualquer mudança do visual, Nelma recebe uma espécie de "briefing" da personagem e como deverá ser os novos cabelos. Com isso em mãos, e depois de uma boa conversa com o expert Fernando Torquato e a supervisora de caracterização da Globo, Marlene Moura, ele coloca em prática a sua especialidade.


"Enquanto elas estão como o Mega Hair, podem continuar com os mesmos cuidados de antes, que o próprio cabeleireiro indica. Secador, sauna, lavagem, é tudo igual. Somente indico uma escova própria para Mega Hair. Geralmente, para manter os fios saudáveis, a maioria utiliza produtos das marcas Kerastase, Keune e Redken", finaliza.

Por Juliana Lopes

Comente