Biaggi fala sobe o tom Buttery blond - o loiro do inverno

Biaggi fala sobe o tom Buttery blond  o loiro do i

Foto/Reprodução Twitter Biaggi

Quem disse que ser loira é fácil? Nem sempre o tom ou a técnica escolhida para os cabelos estão em alta, o que pode deixar o seu cabelo longe de chamar a atenção da maneira correta.

De acordo com Marco Antônio de Biaggi, proprietário do salão MG Hair e famoso por ser um verdadeiro "fabricante de loiras" famosas, o tom da estação é o Blond Glam, feito com uso de papel alumínio, ou o Red Carped, tons feitos com mechas finas que, intercaladas, causam um efeito como o do cabelo da atriz Jennifer Aniston.

"Agora voltamos a fazer mechas finas. Elas são usadas em três tons: camomila, caramelo e mel, também conhecido por aqui como açúcar queimado. Fazendo a tintura de forma intercalada obtemos o loiro de estrela, das celebridades", conta o Hair Stylist.

De Biaggi explica que outro tom de loiro bem usado na estação é o mesmo que Carolina Dieckmann usa, chamado de Buttery blond, ou amanteigado em português. A raiz é pintada de dourado e as pontas bem mais claras.

"Ainda para quem gosta de manter a raiz original, como é o caso da Adriane Galisteu, nós pincelamos mechas com pó descolorante e depois intercalamos o loiro claríssimo com um tom mais dourado, deixando sempre de lado a raiz", explica o queridinho das estrelas.

O Hair Stylist conta que os loiros no estilo Malibu, aqueles com aparência de queimados de sol, estão completamente em baixa e são considerados cafonas para o inverno que se aproxima.

Além disso, não é só a coloração que torna uma loira fatal com os cabelos invejáveis. O processo requer muito cuidado com os cabelos e, claro, um acompanhamento de um profissional. Marco Antônio de Biaggi ressalta: "Para manter o cabelo loiro perfeito, você não pode se preocupar muito com a raiz aparecendo, sendo necessários dois meses para refazer a tintura. Depois, evite fazer a coloração em casa durante os finais de semana, porque se você não gostar do tom, nenhum salão vai fazer a correção em dias tão tumultuados".

O uso de tonalizante até está liberado, porém, segundo de Biaggi, jamais tente fazer mechas em casa. "A tintura tem hora certa para ser tirada, não tem como fazê-las na parte de trás, na nuca, e o resultado sempre fica desastroso. E, por favor, sempre use uma pomada na pele em volta do rosto e luvas", acrescenta.

Não basta fazer a tintura Red Carped para criar um visual de celebridade. O corte também é fundamental e o cabeleireiro indica sempre os repicados, tanto para cabelos longos quanto curtos, já que "os retos também são super cafonas".


Depois do corte certo e da tonalidade feita com as mechas finas, o ideal para finalizar o look é evitar o liso. "O ideal é fazer, neste novo loiro, uma escova ondulada, que é o cabelo do momento. Cabelo chapado ficou para o passado", indica.

O profissional finaliza com a dica: "Tinta não clareia tinta. Se você errou no procedimento, procure um especialista para corrigir".

Por Carolina Pain (MBPress)

Comente