Tiaras: da Signorità para senhoritas

Tiaras da Signorità para senhoritas

Divulgação

As tiaras nunca saem de moda. Toda vez surge uma novidade para enfeitar as cabeças das mulheres e a criada por Danielle Signori certamente vai fazer a sua e a de muita gente por aí. A designer é a responsável pelo projeto e desenvolvimento de lindas tiaras e casquetes, feitos com penas, pedrarias e outros materiais exclusivos.

Por serem artesanais, cada peça é única, o que torna o seu uso ainda mais especial. "Quero contribuir com um toque de requinte, delicadeza e sofisticação para o visual de quem adquirir uma das peças", conta Danielle, que começou seu trabalho antes mesmo da faculdade - de Design de Moda - e agora tem a sua própria marca, a Signorità.

"Sempre criei acessórios. Durante a faculdade, fiz estágio e trabalhei para algumas marcas. Agora estou caminhando com a minha, que foi meu projeto de TCC - Trabalho de Conclusão de Curso", conta Danielle.

As peças inspiradas na Belle Èpoque são minuciosamente trabalhadas e delicadamente desenvolvidas. "Eu mesma elaboro todas as peças", revela a profissional. E, se você não souber com o que usar, a Danielle dá vários conselhos. Além de produzir, ela também é personal stylist e oferece dicas de consultoria para clientes com combinações das peças para festas de casamento e eventos. Tudo para você ficar mais bonita.

Para prolongar a vida útil das peças, Danielle garante que sempre tem o maior cuidado, e passa isso assim para os clientes. "As peças são únicas e extremamente delicadas. Junto delas eu envio informações e peço para que pessoa cuide com carinho. As penas naturais duram centenas de anos, porém podem se danificar caso não se tome os devidos cuidados, como não lavar e não guardar com qualquer outro objeto em cima", esclarece.

[galeria]

Os preços variam e uma tiara de faisão venerado, por exemplo, custa R$ 62. Em média, elas demoram duas horas para serem elaboradas e finalizadas. Por enquanto a venda é somente online, pela BlogStore, e a entrega é feita por Sedex, para qualquer parte do Brasil. O frete é calculado pelos correios.


Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente