Ser astrólogo, novos tempos, novos desafios

Temos em nossas mãos um divino instrumento, ancestral sabedoria que nos conecta com a ordem do universo. Uma história tão antiga, e ao mesmo tempo nova, em seus atuais propósitos.

O antigo/Saturno é o respeito pelos conhecimentos da tradição astrológica, que nos torna possível utilizá-la visando a conscientização, o despertar para o auto-conhecimento, pois somos apenas facilitadores desse processo aos que nos procuram.

Muitos nos buscam hoje não como espectadores passivos de sua história, mas com a consciência da própria responsabilidade na construção do seu destino. A Astrologia evoluiu. Os Astrólogos evoluíram.

Porém, há aqueles que tentam encontrar na Astrologia respostas a tolas perguntas. E há quem as diz ter... Mas cada vez mais, percebe-se que o propósito dos que a praticam, e dos que a buscam é a consciência. Com ciência e com arte, a Astrologia no século 21.

Este novo tempo, nova Astrologia. Nós a reconhecemos, a praticamos, estamos juntos reescrevendo essa história das estrelas. Uma Astrologia que desperte-nos do oceano da inconsciência. Urano quer singrar esse mares. Urano em Peixes, a Astrologia e seus vínculos com as artes da emoção, auxiliando a despertar o curador que há em cada um.

Não dar o peixe, nem tampouco ensinar a pescar. Simplesmente estar ali, receptivo coração, ao outro que quer saber de si. Interessa-nos revelar profundezas e mergulhos, os mares de cada um, auxiliar nas travessias.

Isabel Mueller é astróloga, escritora e poeta. Trabalha com Astrologia desde 1992, dá cursos e palestras e atende a consultas de Mapa Astral, Trânsitos, Revolução Solar e Sinastria. É formada em Psicologia, integrante do Nears (Núcleo de Estudos Astrológicos do Rio Grande do Sul), do Conselho Deliberativo da CNA (Central Nacional de Astrologia). Autora dos livros de poesias "Céu da Boca" e "Alumbramento".

contato@isabelmueller.com.br

Comente