A influência do signo lunar

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
A influência do signo lunar

Este corpo celeste que se movimenta com rapidez acompanha o homem desde as primeiras civilizações. Esteve e está na cultura de muitas religiões e povos. Entre os árabes, ela é chamada de Qatar, símbolo do poder transformador de Alá. Já no judaísmo, a sua capacidade de mudança está relacionada aos judeus nômades. E a Igreja Católica já chegou a sugerir que a data do casamento fosse sob a influência positiva da Lua Crescente.

Seu ciclo de 28 dias serviu de referência para as primeiras medições do tempo, e assim surgiram os primeiros calendários, uma influência vista até hoje, afinal, o chamado sabá (sábado), entre os judeus, teve origem nos cultos lunares.

Responsável por embalar as noite dos amantes ou mesmo pela criação de personagens folclóricos, entre eles, o lobisomem, a lua ainda influência diretamente a nossa vida. "Ela pertence ao princípio feminino e a capacidade de criar. A força gravitacional que exerce sobre a Terra pressiona as camadas interiores dela e com isso atua nos líquidos e nas águas, ocorrendo o mesmo com o interior do ser humano. A vegetação, a pesca, o clima, a agricultura, à noite e a saúde (seus hormônios e líquidos, o sono) ficam sobre a influência da Lua. O público, os negócios, a casa e as relações também são regidos pela Lua", ressalta o astrólogo Sergio Carmanhani.

Para cada fase da lua, o astrólogo indica como podemos agir nos aspectos vitais para nossa sobrevivência. Durante a Lua Nova, por exemplo, o momento é propício para as recuperações em todos os sentidos.

Conforme Sergio, o período da Lua Crescente é indicado para abandonar tudo que não se quer mais. "Também é propício para divulgação de trabalhos, publicidade e exposições, fase boa para cortar cabelos (crescimento rápido), iniciar coisas, facilidade para atrações físicas e sexuais e aparições em público". Entretanto, o astrólogo indica ter cuidados com a pele, fazer viagens e lançamentos de produtos. "Desaconselhável para iniciar regimes ou fazer cirurgias", conta.

O astrólogo afirma que na Lua Cheia também é uma fase difícil para cirurgias. "Os líquidos estão em seu nível máximo, provocando edemas, hematomas, inchaços e risco de hemorragia". O melhor momento para intervenções ou mesmo melhorar a alimentação (desintoxicação corporal) é na Lua Minguante. "Boa hora para resoluções e pendências que pedem um fim". Segundo ele, a fase é boa para "faxinas" físicas e emocionais, além de início de projetos.

Na astrologia, a lua simboliza tudo que está ligado com as emoções. De acordo com o signo em que esse astro se encontrava no instante de nosso nascimento, é possível descrever como funciona nosso mundo interior e a maneira como sentimos as coisas. O signo lunar é responsável por indicar como nós reagimos em várias situações a nossa volta.

"O signo lunar é importante para sabermos como somos no afeto, sentimento e na intuição. O signo da Lua indica também a mãe que devemos ser para nós mesmos, como devemos cuidar de nós".

Para saber sobre a Lua pessoal é preciso olhar no Mapa Natal (foto do céu no instante do nosso nascimento). Em alguns sites, como (http://www.reporternet.jor.br/lua/lua.htm), você preenche os dados e descobre qual é o seu signo lunar.

Sérgio explica que há várias análises da sua influência em cada um de nós, conforme o nosso mapa astral. A mais comum é observar as fases da lua e o signo que ela se encontra. Para ter uma idéia, o astrólogo fez uma análise mais concisa.

Lua em um signo de fogo (Áries, Leão, Sagitário): período seco, árido e estéril. Gera dificuldades em todo e qualquer crescimento seja na agricultura, no social ou no emocional.

Lua em um signo de Terra (Touro, Virgem, Capricórnio): perído úmido e produtivo. Gera facilidades em todo e qualquer crescimento.

Lua em um signo de Ar (Gemêos, Libra, Aquário): período seco, mas que com cuidado e atenção não é desfavorável.

Lua em um signo de Água (Câncer, Escorpião, Peixes): período fértil, úmido e produtivo, só é preciso cuidado com os excessos emocionais.

leia também


"Também é preciso observar se a Lua está fora de curso - quando ela muda de um signo para outro. Existe também um período de algumas horas em que ela está sem influência de nenhum signo, a lua está em repouso e sem objetivo, então se recomenda não iniciar nada nesse período, pois os resultados podem não ser os esperados ou positivos. É um período considerado estéril, incerto e sem continuidade. O momento é de descanso, meditação e interiorização", finaliza.

Por Juliana Lopes

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente