Yoga Integral para o dia a dia

Yoga Integral para o dia a dia

Ficar sentado por horas afeta o nosso corpo e postura. Problemas nas articulações, artrite e até tendinite podem estar presentes na maioria das pessoas que fazem movimentos repetitivos no cotidiano. Para prevenir essa questão, precisamos parar e observar a linguagem do corpo transmitida pelos sintomas e assim solucionar a verdadeira causa. Se você não consegue desacelerar e precisa do corpo para lidar com a agenda lotada, o Vila Equilíbrio dá dicas de Yoga Integral para manter o equilíbrio no dia a dia.

A professora de Yoga Integral Wal Nunes, afirma que Ásanas (exercícios físicos) e os Pranayamas (exercícios de respiração) não resolveriam a causa em questão, por si só, seriam apenas um alívio aos sintomas, mas não trariam a cura completa. "Quando uma articulação enrijece é sinal de que a pessoa enrijeceu em alguma questão da vida. Os problemas que surgem nas juntas nos mostram que exageramos num pólo de forma tão extremista ou exaustiva que podemos colocar em risco sua própria função", afirmou. Se de fato você não consegue desacelerar e precisa do corpo para lidar com a agenda lotada de atividades, Wal dá dicas da Yoga Integral para manter o equilíbrio dos pólos:

- Todo ser humano tem um pólo predominante, uns usam mais o lado direito, outros mais o esquerdo. A falta ou excesso de atividade em certas regiões do corpo pode causar o mesmo problema.

- Observe o corpo no momento presente e tente descobrir qual é o pólo predominante, qual é o que mais ágil e que mais resolve as coisas. Geralmente o lado que você mais sobrecarrega, é o que gera mais problemas;

- Uma vez que desperto este olhar observador e analiso o corpo na ação do momento, começo a treinar o outro pólo a desenvolver funções que antes ele não desenvolvia;

- Essa atitude a Yoga Integral chama de Dharana: a concentração e observação do momento presente, proporcionando a consciência corporal, que é treinar o corpo a mostrar seus limites e usá-lo em harmonia;

- Fique atenta(o) à postura, mesmo trabalhando na frente do computador, não esqueça de manter a coluna e pescoço alinhados, não jogando o corpo para frente. Assim não causa rigidez nas vértebras e mantém o ritmo da respiração sempre fluindo.

- Ombros devem ser jogados para trás e não fechados para frente quando sentamos.


- Quando em pé, trabalhar a conexão do calcanhar, ísquio e topo da cabeça, mantendo o corpo alinhado, evita o acúmulo de toxinas e energias negativas.

Para remediar este tipo de problema é preciso acompanhamento de um profissional especialista, e na maioria dos casos de inflamação, existem anti-inflamatórios ou necessidade de repouso para isso.

Por Catharina Apolinário

Comente