Você sofre de vertigem? Descubra a causa

Você sofre de vertigem Descubra a causa

Ter a sensação de perda do equilíbrio, movimento de rotação ou a impressão de que os objetos estão movendo e girando pode indicar vertigem.

De acordo com a otorrinolaringologista Rita de Cássia Cassou Guimarães, a sensação pode durar alguns minutos ou persistir por várias horas e até dias. "Normalmente o indivíduo se sente melhor ao deitar e permanecer parado, mas mesmo ficando imóvel a vertigem pode ter continuidade", explica.

"A vertigem é uma manifestação visível de que algo está errado e sua origem pode ter mais de 300 patologias diferentes", esclarece a especialista, que é responsável pelo Setor de Otoneurologia da Unidade Funcional de Otorrinolaringologia do Hospital de Clínicas da UFPR.

Devido ao grande número de possíveis causas, a realização do diagnóstico correto sobre a origem da vertigem pode demorar. "O primeiro passo é procurar um especialista em otorrinolaringologia, que irá avaliar o paciente e se necessário o encaminhará para outras especialidades", ressalta Rita de Cássia.

A medicina dispõe de várias alternativas que auxiliam no diagnóstico detalhado da vertigem, como as técnicas que avaliam as interações entre o vestíbulo e os movimentos oculares, feitos pela vídeonistagmografia. Este exame é de extrema importância para a detecção das vertigens posturais, que são desencadeadas por mudanças na posição da cabeça.

"A vídeonistagmografia é um sistema de análise computadorizada do nistagmo - movimento ocular bifásico - através de vídeo. O exame é feito com uma máscara totalmente vedada à entrada de luz e os olhos do doente são iluminados por dois diodos infravermelhos que captam os movimentos oculares e duas câmaras embutidas com sensor que rastreiam a movimentação ocular e registram em vídeo", acrescenta a médica.

Com a vídeonistagmografia o exame é mais rápido e é possível gravar os movimentos oculares horizontais e verticais para estudar detalhadamente cada caso.

O tratamento é prescrito de acordo com a patologia identificada e as características do paciente. Normalmente é indicado o uso de medicamentos e a realização de técnicas específicas para reabilitação vestibular, que propiciam a recuperação por meio da adaptação e habituação.


"Essas técnicas são consideradas as melhores opções do tratamento das alterações do equilíbrio, como a vertigem, pois possui um nível de eficácia significativo e um bom grau de satisfação dos pacientes", finaliza.

Por Jessica Moraes

Comente