Vacina contra a coqueluche já está disponível no SUS

A vacina já passou a ser distribuída desde novembro
gravidas-coqueluche

Foto - Shutterstock

Você já se protegeu contra a coqueluche? O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anunciou nesta segunda feira que as mulheres grávidas passaram a ser vacinadas contra coqueluche pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A vacina deve ser aplicada em, no máximo, 20 dias antes do parto. 

Segundo Chioro, houve aumento significativo no número de casos e de mortes por coqueluche em todo o mundo — principalmente na faixa etária até 6 meses de idade. Em 2009, havia menos de 2 mil casos no planeta. Em 2012, o índice subiu para 7 mil casos. No Brasil, 98 pessoas morreram por coqueluche neste ano, de acordo com o ministro. Em 2013, foram 568 diagnósticos de coqueluche e 110 mortes.

 A vacina já passou a ser distribuída na rede pública do país desde 3 de novembro. Foram adquiridas 4 milhões de doses, pelo preço de R$ 87,2 milhões. É a terceira vacina incorporada ao calendário de vacinação neste ano. Ela se junta à proteção contra HPV, hepatite A e mais 14 outras doenças.

O Ministério da Saúde pretende vacinar 480 mil gestantes em todo o país. Em 2015, a previsão é de que 2,9 milhões de mães estejam imunizadas.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: coqueluche grávidas