Toma banho com buchas? Talvez esteja na hora de jogá-las fora

Toma banho com buchas Talvez esteja na hora de jog

Foto - Shutterstock

O hábito de usar buchas vegetais para tomar banho não é de hoje - mas talvez esteja na hora de repensar esse costume. Esse tipo de artefato é ótimo para esfoliar a pele, mas também é o lugar preferido das bactérias.

Em entrevista ao Huffington Post, a professora associada no departamento de microbiologia da Universidade Cornell, Esther Angert, afirma que as buchas são boas quando estão novas, mas depois de um tempo elas podem se tornar um vetor de doenças - especialmente se você estiver com algum tipo de ferida aberta na pele.

O problema é que quase todo mundo deixa a esponja dentro do banheiro úmido até o próximo banho, em vez de deixá-la secando. A bucha, então, se torna o ambiente perfeito para a proliferação de organismos nocivos ao corpo, porque está sempre molhada e recheada de células mortas que ficam acumuladas em sua superfície depois de cada banho.

Para não correr riscos, o ideal é deixar a bucha secar fora do banheiro depois de usá-la e substituí-la sempre que ela mudar de cor, ficar um pouco mais escura ou tiver algum cheiro suspeito. Se isso não é o suficiente para você, experimente utilizar esponjas descartáveis. Lembrando que só de passar um sabonete líquido com as mãos já é o bastante para higienizar o corpo.

Fora isso, vale ressaltar que esfregar-se com uma bucha todos os dias também não é uma boa ideia, porque esse ato pode retirar a camada protetora da pele e deixar o corpo ainda mais suscetível à doenças.


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: banho