Tendinite pode ocorrer em várias partes do corpo

tendinite em outras partes do corpo

Tendinite é coisa séria. E muita gente quando houve falar no assunto associa logo ao esforço repetido dos dedos das mãos ao digitar. Mas a tendinite pode surgir em várias situações, que mal percebemos.

Ela nada mais é do que uma inflamação nos tendões (o início e o fim de qualquer músculo), que ocorre sempre que há uma carga ou um esforço repetido daquele tendão acima do que ele está acostumado a aguentar. Então, não é só mãos e pés que a tendinite pode surgir, mas também nos ombros, joelhos, cotovelos e tornozelos.

Um tipo de lesão muito comum é a do tendão patelar (relativo ao osso do joelho) que acontece muito em crianças e atletas. Também acontece com donas de casa, em que alguns trabalhos braçais, como pegar coisas no alto, muito acima da cabeça. Movimentos de repetição, e que envolvem a sustentação de uma carga muito pesada, podem resultar em um ato prejudicial para qualquer tipo de pessoa e levar à tendinite.

Como muitas vezes é inevitável o esforço repetitivo, uma das coisas mais importantes a fazer para evitar a tendinite é a famosa pausa - parar um pouco durante a atividade: seja física, de trabalho, ou até mesmo numa brincadeira ou em uma faxina. O ideal é não insistir no movimento naquele período do dia. Outro fator é o problema do posicionamento: se a posição do músculo está errada, há mais riscos de tensão àquele tendão. Quanto ao alongamento, esse é um método discutido. Mas alguns fisioterapeutas recomendam um alongamento diário para uma mudança de postura. Este ajuda ainda mais após a dor, dando um alívio àquele músculo.

Para saber ou não se a pessoa está com tendinite, ela precisa se observar. Basicamente a dor é quem vai dizer ao corpo que algo está errado; ela pode persistir sem mesmo a pessoa estar executando o movimento. Se existe essa dor contínua, o ideal é procurar um médico, que preescreverá o melhor tratamento e medicamento (anti-inflamatório). Geralmente o tratamento é feito com o auxílio de um fisioterapeuta através de aparelhos que possam diminuir a inflamação e também restabelecendo a volta dos movimentos normais.


Por Jessica Moraes

Comente