Silicone industrial em procedimentos estéticos causa sérios riscos à saúde

silicone industrial

Um procedimento perigoso vem vitimando mulheres por todo o Brasil. O uso clandestino de silicone industrial em procedimentos estéticos representa grandes riscos à saúde.

Muitas mulheres, na busca do corpo desejado, estão recorrendo às injeções de silicone para aumentar glúteos, pernas e coxas.

Acontece que o silicone industrial não deve ser usado para fins estéticos. O produto quando injetado no organismo pode causar diversos problemas, deformações, dificuldades para andar, além de morte por infecção generalizada.

O silicone usado para modelar o corpo deve sempre estar dentro de implantes (as conhecidas próteses) e nunca na forma líquida, injetado diretamente no organismo.

O silicone industrial acaba aderindo ao músculo, podendo causar uma reação inflamatória e diversas complicações como edemas e até tumores.

A novela "Amor à Vida" está abordando o assunto e ressaltando a seriedade do problema. Na teledramaturgia, o personagem Félix (vivido pelo ator Mateus Solano) defende o uso do silicone industrial para o uso hospitalar, no entanto seu pai, César (vivido por Antônio Fagundes) é radicalmente contra.


O silicone industrial é usado em obras; serve para impermeabilizar azulejos, lustrar pneus e painéis de carro. Por isso o seu custo é baixíssimo.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: saúde estética perigo riscos novela