Seu ciclo está irregular? Cuidado!

Seu ciclo está irregular Cuidado

Chegou o dia na folhinha e não desceu! Fora a possibilidade de você estar grávida com o atraso constante, a irregularidade do ciclo menstrual não significa algo bom. E, ao contrário do que pode se pensar, não é normal.

De acordo com o Dr. José Bento, ginecologista e obstetra pós-graduado pela USP, a irregularidade menstrual é sinal de algum problema, ou seja, alguma coisa está errada no organismo feminino. Como ele nos explicou, existem duas razões para que isto ocorra: orgânicas e funcionais.

Orgânicas

Causas do próprio organismo podem desencadear o desequilíbrio no ciclo menstrual. O doutor exemplifica: "Pode ser uma ferida no colo do útero, um policisto no ovário, um mioma, um cisto no ovário, endometriose ou algo mais grave, como câncer no colo do útero, câncer no útero".

Funcionais

Distúrbios hormonais (funcionais) também podem ser o motivo do problema. O profissional nos alerta para a anovulação (falta de ovulação), ovário policístico, disfunção na tireóide e até um problema na hipófese - pequena glândula no centro do nosso cérebro que orquestra estes hormônios.

Estresse

Além destes problemas físicos, a parte do sentimento também afeta a regularidade menstrual. "O estresse é uma descarga grande de cortisol na nossa circulação. Esse excesso de cortisol compele receptores hormonais, como a progesterona", relata o médico.

E simplifica: "É como se os hormônios fossem uma chave e eles precisassem de uma fechadura para arquivar seus efeitos. O cortisol é uma chave que também ocupa a fechadura da progesterona".

Consequências

Não tratada, a irregularidade pode causar outros problemas graves. O especialista ensina: "Se for causa funcional pode causar anemia, infertilidade e dificuldade para engravidar. Se for orgânica, dependendo do problema, pode agravar. O mioma ou o cisto pode crescer e um câncer pode se agravar".

Quando questionado sobre em quais circunstâncias a anormalidade do ciclo menstrual é comum, Dr. José deixou bem claro: "As irregularidades normais acontecem quando a mulher começa a menstruar, nos dois primeiros anos, e na senhora que entra na menopausa. Só nestes casos é fisiológico. Fora disso não é comum".

Sexo

Ter relações sexuais com seu parceiro (a) neste período de desequilíbrio não é recomendado já que, dependendo da causa, pode agravar. "Por exemplo, se for um cisto no ovário e a pessoa tiver relação vai piorar", conta o profissional.

Solução

É indispensável ir ao médico. Uma consulta é o recomendável em todos estes casos. Fazer tratamento próprio pode agravar a situação, já que, como o obstetra nos explicou, "os órgãos genitais da mulher são internos, então não dá para saber o que está acontecendo se ela não for ao médico. A melhor coisa a se fazer é procurar um tratamento".


Independente se a causa é orgânica, funcional ou psicológica, só o médico poderá te dar as orientações corretas para regularizar seu ciclo. Agora, você já sabe o que fazer. Se estiver com a folhinha em desordem, marque uma consulta!

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: saúde ciclo menstrual menstruação