Saúde bucal dos animais de estimação merece atenção

A escovação dos dentes do animalzinho exige atenção diária
saudebuca-cachorro

A saúde bucal dos cachorros e  gatos nem sempre é encarada com seriedade. É fundamental que os donos fiquem atentos à higiene oral de seus animais de estimação. O investimento, além de ser uma prova de amor, é extremamente necessário, já que assim como os seres humanos, a saúde do animal também começa pela boca.

A via oral do bicho de estimação é a porta de entrada de bactérias responsáveis pela propagação de doenças em geral. Além disso, quando não tratadas corretamente, os dentes dos animais podem ficar cobertos pelo tártaro, principal causa do mau hálito.

Os problemas bucais mais comuns nos cachorros são a formação de placa bacteriana e gengiva inflamada, mais conhecida como periodontite, que pode ser responsável, inclusive, pela necessidade de extração do dente. 

Aparentemente inofensivas, em níveis mais avançadas, as doenças bocais podem atingir outros órgãos do animal, levando a complicações mais sérias.

O cuidado se torna mais relevante quando o bichinho é mais velho. Estudos apontam que cerca de 80% dos cachorros a partir dos três anos apresentam algum tipo de infecção causada a partir da boca.

Diante dos fatos, a melhor alternativa é investir em prevenção. A escovação dos dentes do cão deve ser realizada periodicamente e é tão simples, que pode ser feita pelo próprio dono em casa. “No início é importante acostumar o bicho. Começar escovando aos poucos e familiarizando o cachorro com os produtos utilizados. O processo de escovação tem que ser prazeroso. Por isso, é importante ter calma e sempre recompensar o seu amigo com algum petisco ou carinho”, afirma Odir Ferreira Filho, presidente da Petmais.  


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: animal doméstico cachorro saúde gatos