Sapatos de salto alto podem causar lesões

salto

Foto - Shutterstock

Que mulher não ama um belo sapato de salto alto? Melhores amigos da autoestima, os sapatos de salto alto deixam as pernas mais longas e dão um ar mais elegante a qualquer visual. Porém nossa escolha de sapatos pode estar colocando um estresse desnecessário em nossas articulações e nossos músculos.

Infelizmente, é verdade : sapato alto faz mal. Isso porque ao longo do tempo,os saltos fazem não só com que nossos pés doam, mas tenham lesões graves. "Este é um tópico que sempre provoca polêmica entre o público feminino, que acusa os ortopedistas de não entenderam nada de moda", comenta o ortopedista Caio Gonçalves de Souza.

Segundo o especialista, a questão não é de estilo, e sim de conveniência. Existem sapatos que são feitos para se ir, ocasionalmente, a uma festa chique, assim como existem sapatos para o dia a dia.

Mulheres que caminham longas distâncias ou frequentemente entram e saem de ônibus, trens ou metrô não devem usar um sapato com um salto muito alto. Uma dica saudável e prática é adotar o estilo das nova iorquinas de unir a beleza à praticidade:

"Se você quiser usar sapatos de salto alto no escritório, considere levar um outro par de sapatos mais confortável para caminhar até o transporte público ou a garagem. Você pode até manter seus sapatos de salto alto no trabalho para minimizar o que você carrega para o escritório todos os dias. Em cidades com Nova York, isto já é muito comum", recomenda Caio de Souza.

Algumas orientações para ter pés mais saudáveis:

1. Verifique se há um espaço de 1,2 cm a partir da extremidade do seu dedo do pé mais longo para a extremidade do sapato (esta distância é quase a largura do dedo indicador da mão);

2. Seus dedos não devem ficar espremidos ou apertados. Você deve ser capaz de mexê-los livremente dentro do sapato;

3. A maioria dos sapatos de salto alto tem um bico fino e estreito na ponta que nós mulheres adoramos. Porém, este formato aglomera os dedos dos pés e os obriga a ficar numa forma triangular, não natural. Com o tempo, isso pode causar deformidades, como calos e o famoso joanete;

4. Não existe "período de adaptação" para sapatos. Com o tempo, um pé pode empurrar ou esticar um sapato para caber melhor, mas isso pode causar dor e outros danos no pé até isto acontecer. "O calçado é que deve se adaptar ao seu pé, e não o contrário", ensina o ortopedista;

5. Os sapatos precisam ter a parte de trás do calcanhar reforçada, para dar mais estabilidade aos tornozelos e manter os pés nos calçados. Sapatos ou sandálias com somente um tira atrás do calcanhar levam a instabilidade e maior risco de entorse do tornozelo;

6. Um sapato com uma palmilha removível também é útil para que você possa adicionar uma palmilha acolchoada ortopédica, se necessário.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: salto alto sapatos