Sapatos baixos também causam dores nas costas

saltolesõessapato baixo

Foto - Shutterstock

Que o uso contínuo de salto alto faz mal para a coluna não é novidade. Afinal, o peso do corpo não fica distribuído equilibradamente, o que gera uma sobrecarga na parte frontal dos pés, podendo causar um desgaste das articulações do joelho e prejudicar a angulação da coluna. Mas, você sabia que o uso de sapatos baixo também provocam dores na região lombar?

Mesmo sendo famosas pelo conforto e praticidade no dia a dia feminino, as sapatilhas e sandálias rasteiras também têm as suas restrições. "Esses tipos de calçados não amortecem o impacto durante a caminhada, por isso a pessoa pode sofrer um desgaste nas cartilagens", afirma o fisioterapeuta Dr. Helder Montenegro, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna - ABRColuna.

O especialista explica que a fáscia plantar, uma estrutura fibrosa espessa que fica na sola do pé é a que mais sofre. "Esse tecido pode sofrer com a fascite plantar, uma inflamação neste local que acontece por causa do uso excessivo da faixa de tecido denso da sola do pé, o que pode causar dor e dificuldade para caminhar", indica Montenegro.

Outro problema é que como eles são muito rentes ao chão, o impacto pode gerar consumo de cartilagem de quadril, joelho, coluna e tornozelo, porque ocorre uma sobrecarga nessa cartilagem. "Os pés são responsáveis pelo suporte do peso do corpo e amortecimento de impactos aos demais membros do corpo, inclusive, com a coluna. Sendo assim, se a mulher precisa caminhar um longo trajeto em um sapato baixo, sem o devido amortecimento, com certeza ela sentirá dores na região das costas", alerta o especialista.

Para evitar incômodos, o ideal é optar por sapatos com saltos até três centímetros. "Se você costuma andar muitas quadras até chegar ao seu trabalho, o ideal é que você utilize um tênis para a caminhada e, ao chegar no trabalho, coloque o sapato para usar na empresa", sugere Helder acrescentando que é importante variar entre os modelos porque alguns provocam um esforço maior nos pés, como é o caso dos de bico fino que são estreitos na frente e podem provocar calos e joanetes.

Outra dica é evitar o uso de sapatos apertados, pois podem causar inchaço nos membros inferiores, além de contribuir para o aparecimento de calosidade nos pés. "No final do dia, realize alongamentos para ativar a circulação sanguínea no local.

Além disso, faça massagens nos pés com movimentos circulares de baixo para cima, pois diminui dores e ajuda a desinchar a região", conclui Montenegro.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: salto sapato alto sapatos