Saiba o que é prolapso genital

prolapso genital

Foto - Shutterstock

O prolapso genital, conhecido como bexiga baixa, é o resultado do enfraquecimento da musculatura das paredes da vagina, comum entre mulheres com mais de 40 anos.

O afrouxamento da região faz com que os órgãos sustentados pela musculatura das paredes da vagina - bexiga, útero e intestino - se desloquem. Os principais sintomas do prolapso genital são dores da pelve, incontinência urinária, prisão de ventre e uma sensação de que existe um objeto na vagina, como uma bola.

A origem do prolapso genital vem, geralmente, da gravidez. O abdome sofre uma pressão com o peso da barriga e, por isso, pode deixar a musculatura da vagina menos rígida. Os partos vaginais também podem resultar na bexiga baixa, por causa dos riscos que o procedimento causa ao assoalho pélvico. A obesidade e tosse crônica também estão na lista de responsáveis pelo prolapso genital. Além disso, a menopausa também faz com que os tecidos da região fiquem ressecados e frouxos.

Existem quatro graus de intensidade do prolapso genital. Os dois primeiros não apresentam sintomas, mas podem ser detectados durante os exames de rotina no ginecologista. Nos últimos estágios, a mulher pode ter os órgãos sustentados pelas paredes vaginais caídos para o lado de fora do canal da vagina - como se, aos poucos, o útero, bexiga e intestino estivessem escorregando para baixo.

Os exercícios que fortalecem as paredes da vagina são os melhores preventores da bexiga caída. De acordo com os experts no assunto, o Pilates e a Ioga são ideais para deixar a região forte e longe de complicações. Os exercícios perineais - movimentos de contração e relaxamento da musculatura que dão mais resistência ao assoalho pélvico, utilizados durante a gravidez - também são combatentes do afrouxamento.

O alerta vai para o modo como os exercícios são feitos. Sem acompanhamento, ou feitas de um jeito equivocado, as técnicas podem facilitar o afrouxamento, ao invés de deixar a musculatura rígida. Isso porque são exercícios que interagem diretamente com a musculatura. É como a musculação: se feita com um movimento errado pode causar alguma lesão ou não dar resultados.

Aquelas que já sofrem com o afrouxamento da musculatura podem corrigir o problema por meio de cirurgia, onde o médico restaura a musculatura ou fecha o canal vaginal para aliviar os sintomas da paciente. Em casos mais leves, o pessário é uma alternativa para conter o prolapso.


Por Caroline Sarmento

Comente

Assuntos relacionados: vagina prolapso genital bexiga baixa