Saiba diferenciar as doenças de inverno e previna-se

doençasinverno

Foto - Shutterstock

Em tempos de baixas temperaturas, diversas doenças passam a atingir o organismo. Com o frio, a tendência da maioria das pessoas é fechar portas e janelas, e é assim - em locais fechados e cheios de gente - que vírus e bactérias se espalham e provocam os sintomas que todos conhecem - coriza, obstrução nasal, diminuição do olfato e da gustação, nariz entupido, rouquidão, febre e dores pelo corpo.

O é o principal alvo desses problemas, que merecem ser remediados o quanto antes para evitar complicações. As "doenças de inverno" possuem sintomas muito semelhantes, e diferencia-las não é fácil. Saiba quais são as principais doenças de inverno e previna-se!

Resfriado:

É uma infecção causada pelo rinovírus e acomete principalmente nariz e garganta. A transmissão é feita pelo contato com outras pessoas via tosse, espirro, a própria fala ou até objetos contaminados. O recomendado é manter uma alimentação saudável, boa hidratação, evitar bebidas alcoólicas e permanecer em repouso relativo.

Gripe:

Ao contrário do que muita gente pensa, não tem nada a ver com o resfriado. Para identificar a gripe, basta prestar atenção nos seguintes sintomas: febre alta, tosse, secreção nasal, dor de garganta, dores pelo corpo e cansaço físico. Para prevenir, o importante é lavar sempre muito bem as mãos e evitar o contato com pessoas com sintomas da gripe.

Sinusite:

Não havendo um tratamento adequado, os resfriados e gripes podem complicar evoluindo para sinusite (inflamação dos seios da face) de causa infecciosa. As sinusites virais, assim como os resfriados e gripes, têm sintomas leves e não requerem o uso de antibióticos. Já as sinusites causadas por bactérias têm sintomas mais intensos, como: dor na face, febre, tosse e secreção nasal.

Asma e Rinite :

Para quem sofre de asma e rinite em todas as estações no ano, no inverno é preciso dobrar os cuidados. Estas patologias podem se agravar devido à baixa umidade relativa do ar, comum nesta estação. As medidas preventivas são: manter-se bem agasalhado e umidificar o ambiente.

Meningite e Pneumonia:

A meningite é uma doença infecciosa causada por vários tipos de germes que acometem as membranas do sistema nervoso. Já a pneumonia uma inflamação dos pulmões, que pode ser causada por vários microrganismos diferentes, incluindo vírus, bactérias, parasitas ou fungos.

Para prevenção dessas duas fortes doenças deve-se evitar grandes aglomerações e ambientes fechados. Medidas como lavar sempre as mãos, evitar colocá-las na boca, nariz e olhos; utilizar sempre lenço de papel ao espirrar ou tossir são essenciais para a prevenção.

Se você está sentindo qualquer um destes sintomas, procure um médico ou farmacêutico. O tratamento adequado é fundamental para que a doença não se agrave nem outras pessoas fiquem doentes.


Por Vila Mulher

Comente