Saiba como acabar com o refluxo

Saiba como acabar com o refluxo

Foto: FreeDigitalPhotos http://bit.ly/JHVdLe

Você acorda assustada, com uma forte ânsia de vômito ou constantemente tem azia durante o dia? Você pode sofrer de uma doença chamada refluxo gastroesofágico, quando o conteúdo do estômago retorna ao esôfago ou a outros órgãos próximos a ele. Basta exagerar na quantidade de alimentos ou fazer uma refeição mais gordurosa que o mal ressurge.

"No Brasil, estudos apontam que 12% da população adulta apresenta azia uma ou mais vezes por semana", destaca a gastroenterologista Eponina Lemme, professora associada da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG),

Para evitar esses sintomas, entretanto, bastam medidas simples, como evitar determinados alimentos ou mudar alguns hábitos.

"É preciso evitar se deitar após comer, pois isso favorece o refluxo", alerta a especialista. O ideal é ficar em repouso (sentado ou de pé) por, pelo menos, duas ou três horas antes de dormir. Também é importante que as refeições sejam mais leves e em menor quantidade no período da noite.

Bebidas alcoólicas também devem ser evitadas por quem sofre de refluxo. O álcool reduz a pressão do esfíncter - estrutura que separa o esôfago do estômago - fazendo o ácido subir pelo aparelho digestivo, causando a queimação.

Esse mesmo ácido pode provocar lesões nas cordas vocais. Foi o que aconteceu com a professora Consuelo Aparecida Ozório. "Eu sofria muito de ronquidão e achava que era por forçar a voz em sala de aula, até que um gastroenterologista me explicou que podiam ser os efeitos do refluxo e tive que mudar meus hábitos alimentares", conta.

Outro péssimo hábito para quem sofre com refluxo é o cigarro. O tabagismo aumenta a acidez do estômago, piorando os sintomas da doença. "O estresse é outro inimigo de quem sofre de refluxo, então ter controle sobre a saúde emocional é muito importante", complementa o cirurgião, especialista em aparelho digestivo Almino Ramos, do Hospital 9 de Julho.


Quanto à alimentação, é preciso evitar molhos condimentados, frituras e refrigerantes ou bebidas com gás. Beber bastante água durante o dia é recomendado para um melhor funcionamento do organismo em geral.

Por Carmem Sanches

Comente