Raiva faz mal à saúde

Guardar raiva é prejudicial à saúde

Um dos sentimentos mais temidos e ruins que existe é a raiva ou o ódio. Tanto que o oposto é o mais sublime: amor ou compaixão. Logo, dá para entender porque guardar esse sentimento pode ser tão prejudicial a nossa saúde. Não que você tenha que manifestá-lo a toda hora e em qualquer lugar, mas aprender a lidar com ele pode ser mais vantajoso à longo prazo.

De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard, cultivar esse sentimento não só faz mal como também diminui a expectativa de vida, ou seja, torna as pessoas mais propensas a morrerem mais jovens do que outras que expressam o que estão sentindo.

Segundo o estudo, guardar mágoa aumenta para 47% os riscos de morte por doenças do coração e 70% para o câncer. A pesquisa analisou 796 pessoas, entre homens e mulheres, com idade média de 44 anos. Mesmo que não haja relação direta entre morte e emoções negativas, os pesquisadores afirmam que quando as pessoas não expressam sentimentos, muitas vezes acabam procurando alguma válvula de escape (álcool, drogas cigarros, alimentos não saudáveis) com o intuito de ajudá-las a lidar com isso. E o prejuízo para o organismo é o mesmo.


Uma coisa é certa para os especialistas: a tensão perturba o equilíbrio hormonal do corpo de tal modo que o risco de doenças cardiovasculares e câncer também aumentam.

Por Lívany Salles

Comente

Assuntos relacionados: saúde morte raiva reprimir

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?