Raiva em excesso pode causar ataque cardíaco

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
raivaataque cardíaco

Foto - Shutterstock

A raiva, um sentimento inerente à humanidade, pode ser um dos responsáveis pelo aumento da pressão arterial. Além disso, segundo pesquisa recente da Universidade de Harvard, as pessoas que apresentam, com frequência, ataques de raiva, correm maior risco de sofrerem um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

Diversas situações podem levar qualquer indivíduo a sentir raiva. Essa emoção negativa faz parte da vida e é, até certo ponto, positiva; porém, quando em excesso, pode trazer diversos problemas de saúde, incluindo a hipertensão arterial.

Segundo a psicóloga da Gestão de Saúde da Care Plus Melina Haddad, a raiva não tem cura, pois não é uma doença, e sim, um sentimento comum do ser humano, natural, mas que deve ser tratado quando provoca dor e sofrimento para a pessoa que vivencia a emoção negativa e para quem convive com ela.

"Não podemos nos prevenir das situações que ocorrem no dia a dia, pois a maioria delas não temos o controle, porém podemos nos fortalecer para enfrentar as circunstâncias sem que sentimentos ruins como a raiva, a ansiedade, tristeza, durem muito tempo".

Mitos e verdades sobre a raiva:

1- Sentir raiva sempre é negativo? Nem sempre. Muitas vezes sentir raiva pode ajudar a estabelecer alguns limites na vida, protege de situações perigosas e pode auxiliar as pessoas falarem o que sentem.

2- A raiva é automática e incontrolável. Mito. A raiva pode ser controlada e modificada, conseguimos isso através do Treinamento de Controla da Raiva.

3- É saudável extravasar a raiva. Mito. Expressar a raiva deixa a pessoa mais zangada e propensa a se tornar mais agressiva em uma situação posterior. (com exceção de algumas situações, por exemplo: vítimas de incesto, abuso ou violência sexual).

4- É bom colocar a criança que é muito agitada, que demonstra muita raiva em um esporte de luta? Mito. Devemos extravasar a raiva de modo construtivo, fazendo algum esporte que não seja de confronto, o ideal é optar por caminhadas, ginástica, dança, música.


Por Vila Mulher

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: sentimento raiva ansiedade