Provas de resistência - a força das mulheres

Mulheres nas provas de resistência

Foto/Divulgação TV Globo

A resistência das mulheres é mesmo incrível. Afinal, conseguir suportar dores como a de um parto natural não é brincadeira. E essa espécie de força aparece nas situações mais inusitadas, como provas de resistência do BBB11.Natália, Jaqueline e até Maria, candidata a vencer esta edição, são exemplos de moças que se deram bem em atividades de resistência dentro da casa mais vigiada do Brasil.

Isso tudo pode ter uma explicação fisiológica. "Graças ao poder do hormônio estrógeno, o sexo feminino é menos propenso ao cansaço dos músculos", afirma Dr. Barakat. Ele cita um estudo apresentado no último encontro anual da Sociedade Americana de Fisiologia, em Portland, Estados Unidos. De acordo com o levantamento, a resistência delas é três vezes superior à dos homens!

A pesquisa foi realizada na Universidade do Colorado, na qual vinte participantes de ambos os sexos foram avaliados por um grupo de cientistas americanos. Os participantes realizavam atividades físicas propostas pelos pesquisadores.

"Nos exercícios em que testaram os músculos flexores do cotovelo, por exemplo, os voluntários tiveram que manter os braços em uma posição rígida enquanto o tempo era medido", conta o especialista. "Em seguida, deviam segurar uma sacola no punho com um peso equivalente a dois sacos de compras."

Ao contrário do que se esperava, as moças conseguiram manter os músculos contraídos por 75% a mais de tempo que os rapazes. O motivo apontado para esse resultado é que as mulheres parecem ter melhor circulação sanguínea nos músculos, e, portanto, eles ficam menos propensos à fadiga. Para completar, outra conclusão é que a pressão sanguínea e o ritmo cardíaco delas são mais baixos que nos homens. "Os estrógenos promovem maior vasodilatação e circulação sanguínea", explica o médico.

Elas também levam vantagem quando o assunto é treino aeróbico (com exercícios como dançar, correr, andar de bicicleta, etc.). E, mais uma vez, os estrógenos estão por trás dessa constatação. É que esses hormônios ajudam o corpo a conservar os carboidratos de forma que a energia seja mantida e possa ser utilizada na hora dos exercícios.


Porém, somente o fator fisiológico não é responsável por 100% da capacidade de superação feminina, como diz Barakat. "O estrógeno parece ser um fator importante, mas acredito muito no valor agregado da força mental e determinação de sobrevivência e proteção da prole, que toda mulher, mãe, carrega."

Por Priscilla Nery (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: saúde resistência bbb11