Prótese de seios lidera cirurgias estéticas

Seios na medida certa prótese lidera cirurgias est

Foto: reprodução/ Corbis

Entre as cirurgias estéticas, a parte do corpo que recebe mais atenção e investimentos é os seios. Aumenta, tira, modela. Qual mulher não quer ter os seios perfeitos? Segundo dados da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, a colocação de próteses de silicone lidera o ranking com mais 286 mil procedimentos realizados somente no ano passado.

Quando se trata de cirurgia reparadora, no entanto, a remoção de tumores mamários continua sendo a mais realizada, com a marca de 4,2 milhões de procedimentos em 2012, nos Estados Unidos.

Segundo o cirurgião plástico Vitorio Maddarena Junior, o desejo de ter seios bonitos e proporcionais ainda leva cada vez mais pessoas a procurar ajuda de um cirurgião plástico. "Além da saúde, também o aspecto emocional é bastante influenciado a partir desses procedimentos, aumentando a autoconfiança e a autoestima dos pacientes", explica.

Ainda de acordo com o especialista, logo atrás das cirurgias de aumento e reconstrução mamária, também são bastante realizadas as cirurgias de redução, mastopexia e ginecomastia.

A mastopexia, o lifting das mamas, tem sido bastante procurado por pacientes com mais de 35 anos. "Com o tempo, o ganho ou a perda abrupta de peso fazem com que o tecido mamário fique flácido. A impressão que se tem é de que os seios caíram, murcharam. Com a cirurgia, reposicionamos a aréola, eliminando todo excesso de pele em volta e dando nova forma aos seios, que voltarão a ficar mais empinados e proporcionais à silhueta da paciente", conclui.

Por Lívany Salles

Comente