Proteja a audição no Carnaval

Música com volume alto e saúde dos ouvidos não combinam!
Proteja a audição no Carnaval

O Carnaval está chegando e, antecipando a festa, blocos e trios elétricos já arrastam foliões em várias regiões do país. Mas toda essa animação requer cuidados. Qualquer pessoa que permanecer próxima ao som muito alto pode sofrer danos.

No caso das crianças, os cuidados devem ser redobrados. O barulho em excesso gera irritação, choro e elas podem sair daquele ambiente com um forte zumbido no ouvido, sem que os pais percebam. 


Está comprovado que sons acima de 85 decibéis são prejudiciais à saúde auditiva, se o tempo de exposição ao barulho for prolongado. No Carnaval, medições realizadas em anos anteriores chegaram a apontar impressionantes 120 decibéis, intensidade próxima à de uma turbina de avião.

"Por causa da intensidade do barulho, as pessoas podem ter a sensação de pressão nos ouvidos e dificuldades para ouvir", lembra a fonoaudióloga Isabela Pereira Gomes, da Telex Soluções Auditivas.

Para quem pretende se esbaldar em blocos, bailes e acompanhar os trios elétricos, a fonoaudióloga recomenda uma distância mínima de 10 metros do equipamento de som, além do uso de protetores auriculares, que diminuem o impacto do barulho nos ouvidos. Os ritmistas também devem usar a proteção. Para um carnaval sem preocupações, proteja seus ouvidos!

Por Jessica Moraes

Comente