Outubro Rosa

Cristo Redentor iluminado em prol da campanha

foto reprodução: site outubrorosa.org

Foi lançada este mês a edição 2011 da mobilização mundial conhecida como Outubro Rosa, para alertar sobre os riscos do câncer de mama. O objetivo da iniciativa é chamar a atenção para a importância das mulheres fazerem regularmente a mamografia. O exame, que pode diagnosticar precocemente o surgimento de um tumor, contribui para aumentar as chances de cura e reduzir as mortes causadas pela doença. Vale destacar que a mamografia é o único método seguro de diagnóstico precoce do câncer de mama.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), este ano devem ser registrados cerca de 50 mil novos casos de câncer de mama no Brasil. Aproximadamente 12 mil brasileiras morrem anualmente por causa da doença.

Como parte da campanha, prédios e monumentos históricos em várias cidades do país vão ganhar, ao longo do mês, iluminação especial na cor rosa, como é o caso de um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro, a estátua do Cristo Redentor.


De acordo com o Ministério da Saúde, existem no país quase 1,3 mil mamógrafos em funcionamento, disponíveis para exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O número, segundo técnicos da pasta, é quase duas vezes maior do que o necessário para cobrir toda a população brasileira, mas a distribuição geográfica - cerca de 44% estão no Sudeste - e o baixo nível de produtividade são entraves à plena oferta do exame.

Por Jessica Moraes

Comente