Os cães também têm gripe!

cãoveterinário

Foto - Shutterstock

Cada vez mais é comum ver como os animais de estimação fazem parte da família, passam o dia dentro de casa e muitas vezes os animais dormem ao lado dos donos. Mas como qualquer membro da família eles também ficam doentes.

Por isso, é muito importante compreender os sintomas da gripe canina, conhecida também como tosse dos canis ou tecnicamente como traqueobronquite infecciosa canina, e os cuidados preventivos que podem ser tomados para garantir a saúde dos cães.

Normalmente tudo começa com uma tosse seca constante em que o animal parece estar engasgado, mas na verdade isso indica um quadro inflamatório do aparelho respiratório superior, uma "dor de garganta".

Segundo Ana Carolina Both, consultora técnica de animais de companhia da Zoetis em lugares onde há muitos cães, o risco de transmissão da doença é maior. "Diferentemente do que a maioria das pessoas pensa, o animal pode contrair a gripe canina em qualquer época do ano. Se no inverno é frio e a imunidade baixa, no verão eles são levados a parques, hotéis, banho e tosa, aumentando, assim, o convívio entre os animais e a chance de contrair a doença",completa.

A gripe canina costuma acometer mais filhotes e cães idosos, que são mais suscetíveis ao contágio, pois apresentam um sistema imunológico mais frágil.

Causas

Um dos principais agentes causadores da gripe canina é o contágio. A gripe canina é mais facilmente transmitida quanto maior for o número de animais em determinado local, especialmente durante o inverno - que possui clima frio e seco, mais propício para a transmissão da doença. No entanto, vale ressaltar que a transmissão também acontece nas demais estações do ano.

Sintomas

Tosse constante, dando a impressão de que o animal está engasgado. Nos casos mais graves há também coriza, secreção nos olhos, falta de apetite e febre. A gripe pode evoluir para uma pneumonia, caso o cão não seja tratado corretamente.

Prevenção

Cuidados básicos para manter o cão longe do frio são importantes: mantê-los em locais cobertos, sem correntes de vento, acomodá-los em camas, casas, oferecer mantas, entre outros. A vacinação é importante para proteger o animal da gripe não só durante o inverno.

É fundamental proteger o animal precocemente, a partir dos dois meses de idade, antes que ele entre em contato com os agentes causadores da enfermidade. Em qualquer situação é recomendável consultar o médico veterinário sobre o esquema de vacinação ideal para manter o cão saudável.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: cães inverno cachorro pets gripe gripe canina