O que é ovulação tardia?

Entenda como funciona o processo de ovulação tardia para engravidar
ovulação-tardia

Foto - Shutterstock

Acompanhar o ciclo menstrual de perto é rotina das mulheres que tentam engravidar. Elas sabem na ponta da língua quando ovulam e qual o melhor momento para tentar “fabricar” um bebê. Mas o corpo feminino pode enganar sua dona e as coisas acontecerem fora da ordem. Sabe quando sua menstruação atrasa, os exames de gravidez aparecem como negativos e só um tempo depois você confirma a gestação? Pode ser a ovulação tardia.


A ovulação tardia acontece quando você não ovula no período esperado. Isso não causa nenhum problema para a mulher e nem impede a gravidez, apenas “atrapalha” na hora de usar aquelas tabelas pré-fabricadas para contracepção, tão divulgadas entre as tentantes. Como elas se baseiam em um ciclo regular, você pode não acertar o dia da ovulação por ela. Por isso, é importante observar o seu ciclo, as mudanças no seu corpo e fazer uso dos testes de ovulação. 

Isso pode acontecer inclusive com mulheres que apresentam um ciclo regular. Algum mês, por qualquer motivo, sua ovulação pode acontecer mais tarde. A diferença pode ser de dias ou até de semanas. Se você busca uma concepção, vale o auxílio dos testes para ter a certeza de que as tentativas de gravidez estão acontecendo no dia correto. 

E para confirmar uma possível gestação, lembre-se sempre de esperar até 10 dias do atraso da menstruação. Caso dê negativo, consulte um médico para descobrir o motivo do atraso. Se der positivo, comece o pré-natal e aproveite esse momento tão especial na vida das mulheres!

Por Ana Gissoni

Comente

Assuntos relacionados: ovulação engravidar ciclo menstrual