O que causa a Labirintite?

Labirintite livrese desse mal

Tontura, vertigem, desequilíbrio, zumbido nos ouvidos e muitas vezes náuseas, suores e até palpitações. Tratam-se dos sintomas da labirintite, um distúrbio provocado pelo labirinto, órgão responsável pelo equilíbrio. Segundo a otorrinolaringologista Tatiana Abdo, o termo correto é labirintopatia, que pode ser evitada com algumas medidas de prevenção.

Tatiana recomenda evitar o cigarro e o abuso de álcool, açúcar, sal e café. Além disso, é importante praticar atividades físicas, evitar o jejum prolongando alimentando-se a cada três, quatro horas, ingerir bastante líquido, evitar o estresse e a automedicação.

São inúmeras as possíveis causas da labirintite: desde doenças vasculares a disfunções hormonais, que prejudicam o labirinto.

Otites, diabetes, hipertensão, alterações na tireóide, aumento do colesterol, má alimentação, uso de remédios, poucas horas de sono, problemas na coluna e doenças neurológicas são outros possíveis motivos que podem desregular o labirinto, provocando o distúrbio.

"Inicialmente o paciente com tontura pode utilizar medicamentos para melhorar a crise e posteriormente é preciso investigar a causa da labirintopatia através dos hábitos do paciente (abuso de cafeína, jejum prolongado, uso de medicamentos), da realização de exames de sangue e avaliação de outros especialistas quando necessário", explica a otorrino.

leia também


O paciente pode ser encaminhado também para a reabilitação labiríntica (fisioterapia). A otorrinolaringologista ressalta a importância de procurar um médico para investigação da causa da tontura, pois pode ser o primeiro sintoma de uma doença como hipertensão ou diabetes.

Por Jessica Moraes

Comente

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?