O mal uso dos antibióticos

mal uso dos antibióticos pode causar danos à saúde

Os antibióticos são medicamentos desenvolvidos a partir de bactérias benignas, fungos ou elementos sintéticos que são produzidos em laboratórios com o intuito de combater microorganismos (bactérias maléficas) causadores de infecções. Acontece que quando o antibiótico elimina essas bactérias ruins que causam as infecções, ele acaba também eliminando as boas, a maior parte delas encontradas no nosso intestino, onde elas atuam na digestão de carboidratos complexos e para outros serviços metabólicos, como a reabsorção de água e nutrientes pelo intestino.

Em entrevistas à imprensa, o infectologista Caio Rosenthal vem explicando que não é bom tomar o antibiótico em excesso, pois é um medicamento perigoso que pode causar vários efeitos colaterais. Além de eliminar as bactérias maléficas e também eliminar as bactérias boas que agem no organismo, Rosenthal destacou também que devido às epidemias de conjutivites virais, é bom manter distância dos colírios que possuem antibióticos, o melhor é procurar um médico.

Quando as bactérias boas do nosso corpo também são eliminadas, a imunidade se desestabiliza. A partir daí começa um processo natural de reconstituição da flora intestinal, para que novamente fermentem essa boas bactérias. No entanto existe uma alternativa para se reestabelecer com ajuda dos probióticos, que são particularmente indicados para as pessoas que têm um distúrbio imunológico, ou sofrem de doenças graves.

Com função benéfica no organismo, os probióticos têm efeito sobre o equilíbrio bacteriano intestinal: controla o colesterol e reduz o risco de câncer. Alguns tipos de probióticos alimentícios são encontrados no mercado, como leites fermentados, iogurtes, ou podem ser encontrados na forma de pó e cápsulas. No entanto, Rosenthal sugere que a ingestão dos probióticos não é obrigatória, pois o próprio organismo é capaz de se reestabelecer sozinho, naturalmente.


Não é só isso que pode ocorrer com o excesso de antibióticos. O seu uso exagerado também pode favorecer a resistência desses microorganismos a certos medicamentos, o que tornam essas bactérias super-resistentes, como a superbactéria KPC, que já preocupou muitos infectologistas no país pela incapacidade de contê-la. Por esse grande risco à saude que é o uso indiscriminado dos antibióticos, a Anvisa decretou uma resolução que agora proíbe avenda desses antibióticos sem prescrição médica.

Por Jessica Moraes

Comente