Novo tratamento de câncer é capaz de matar o tumor em 11 dias

O estudo foi realizado com 257 mulheres e 87% delas demonstrou alguma redução de células cancerosas.
tratamento câncer 11 dias

Foto: iStock/JVisentin

É estimado pelo INCA que só neste ano vão ocorrer 300.870 mil casos de câncer em mulheres, estando entre eles o temido câncer de mama. A novidade é que em conflito com esta estimativa alarmante, um novo tipo de tratamento vem espantando os médicos por conta de sua eficácia.


De acordo com um estudo feito na Universidade de Manchester, no Reino Unido, e divulgado na última quinta-feira (10) na Conferência Europeia de Câncer de Mama, um novo tratamento feito com a combinação de dois medicamentos é capaz de eliminar ou encolher tumores em apenas 11 dias!

Os medicamentos combinados são o trastuzumab e o lapatinib -, que devem ser administrados antes da cirurgia de remoção de um dos tipos mais agressivos da doença, o HER2 positivo. O estudo foi realizado com 257 mulheres com a doença, que foram divididas em três grupos:

O grupo de controle não tomou nenhuma das substâncias, o segundo grupo que recebeu o trastuzumab, normalmente receitado após a cirurgia. E o terceiro grupo que recebeu a combinação do trastuzumab com o lapatinib.

tratamento câncer 11 dias

Foto: Divulgação

Deste último grupo, 87% demonstrou alguma redução de células cancerosas. Em 28% dos casos, a combinação causou uma “redução significativa”. Em 11% o tumor desapareceu completamente. O estudo queria testar a combinação para saber se os medicamentos são efetivos no combate às células do câncer. 11 dias depois, os cirurgiões operariam. Mas os médicos não esperavam que em muitos casos os tumores sumiriam ou diminuiriam.

“Tumores sólidos desaparecerem em 11 dias é uma coisa desconhecida. Esses resultados são inacreditáveis de tão bons”, disse o professor Nigel Bundred, chefe da pesquisa, ao jornal britânico “Telegraph“.

Embora os resultados sejam surpreendentes, pesquisadores afirmam que mais estudos serão necessários. Estamos esperando ansiosamente por mais novidades!

Por Thamirys Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: Thamirys Teixeira câncer de mama