Mother Maya mostra como a Yoga ajudou a curar o câncer

Mother Maya

Foto: Reprodução/ Facebook/ MayaTiwari

Em passagem pelo Brasil esse mês participando do "Yoga Pela Paz", Maya Tiwari, conhecida como Mother Maya, contou sua emocionante história de vida. Após descobrir um câncer, ela retomou práticas de yoga, desenvolvendo conexões internas mais profundas e melhorando o relacionamento consigo mesma. Sua mudança de hábitos e adoção de uma vida mais simples a levaram à cura.

Apesar de sempre ter vivido numa família que praticava yoga frequentemente, Maya apelou para a medicina tradicional ao ser diagnosticada com câncer no ovário aos 23 anos. Depois de 12 cirurgias e diversas sessões de quimioterapia, Maya recebeu a notícia de que teria apenas mais dois meses de vida. Os médicos aconselharam-na a usar morfina para ter uma morte sem dor, mas ela preferiu recorrer aos velhos hábitos da meditação para se reencontrar.

Em entrevista ao blog do "Yoga Pela Paz", ela conta o processo após o diagnóstico. "Retomei minha vida de Yoga e comecei a desenvolver conexões internas mais profundas com práticas de sadhanas (práticas diárias), com a alimentação, respiração e sons que se tornaram o trabalho principal de recuperação em Ayurveda Sadhanas conhecido como Wise Earth Ayurveda", conta ela.

Agora Maya se empenha numa jornada longa e cheia de descobertas no campo espiritual. "Há algum tempo me curei de karmas (ações) e cicatrizes ancestrais das quais me tornei consciente durante a época que convivi com o câncer, senti a completude de liberdade do meu espírito, um sentimento do qual sempre estive consciente", relata ela, que se tornou outra pessoa por meio das práticas hindus.

Antes do diagnóstico, ela era uma famosa estilista que já chegou a desenhar vestidos até para princesa Diana. "Depois do câncer, me afastei da vida material no ramo da moda e nunca olhei para trás. Tomei uma vida de sadhaka, aquele que vive em harmonia com a Mãe Natureza, que sabe que todos os prêmios e riquezas podem ser encontrados em nós mesmos - seu alimento, respiração, som e amor", explica.

Ela serviu por mais de 25 anos como monja védica e foi proclamada Líder de Paz mundial pelo Parlamento Mundial de Religiões, graças ao seu proeminente trabalho em criar harmonia interna, saúde e bem-estar no mundo.


E é isso que Maya procura passar em seu tour chamado "Living Ahimsa (não-violência)". "Aplicando o yoga como forma de conquistar e fortalecer nossa consciência individual, ajudaremos na ignição da chama eterna do Amor e Sabedoria que afetará e curará tudo. Não podemos mudar o mundo, mas podemos mudar a nós mesmos. Transformação começa dentro de nós e esse é o propósito sagrado de minhas viagens pelo mundo", afirma.

Médicos são os mais indicados para tratar dos males do corpo, como câncer e todas as outras doenças, mas manter a mente saudável, seja com ajuda da fé ou de meditação, por exemplo, é também um ótimo remédio e ajuda aos tratamentos convencionais.

Por Juliany Bernardo (MBPress)

Comente