Meditação pode alterar as células do corpo, diz estudo

Novo estudo mostra as modificações da meditação
meditação

Foto - Shutterstock

A prática da meditação pode modificar a mente e também o corpo - inclusive alterações celulares. Isso é o que sugere um novo estudo publicado pelo periódico Cancer.

A pesquisa foi realizada no Tom Baker Cancer Center, no Canadá, com 88 convidados de em média 55 anos, e mostrou que células de sobreviventes de câncer de mama foram alteradas fisicamente depois de um tempo de meditação e ioga contínua (um tipo de prosseguimento ao tratamento da doença), tanto no instituto quanto em casa.

Após um período de análise, os participantes tiveram seus sangues estudados e chegou-se à conclusão de que os telômeros dos pacientes foram preservados. Telômeros são estruturas responsáveis por proteger as proteínas das células, ajudando na saúde dos indivíduos.

"Nós já sabíamos que intervenções psicológicas como meditação eram capazes de ajudar as pessoas mentalmente. Mas, pela primeira vez, nós temos evidências de que esses fatores podem influenciar no aspecto biológico", disse Linda Carlson, pesquisadora responsável pelo estudo.

Mais testes precisam ser feitos para confirmar outros benefícios da meditação, mas Linda afirmou que essa é uma "descoberta animadora que carrega notícias encorajadoras".


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: tecnicas meditação