Medidas simples minimizam efeitos do tempo seco

Medidas simples minimizam efeitos do tempo seco

Foto: FreeDigitalPhotos http://bit.ly/JHVdLe

O clima seco propicia diversos problemas para o sistema respiratório, como pneumonias, gripes, sinusites, alergias e resfriados, que crescem até 25% no inverno, segundo a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.

Além dos problemas respiratórios, o tempo seco pode causar dores de cabeça, irritações nos olhos, nariz, garganta e pele. A garganta pode ficar seca, a voz rouca, inclusive com possibilidade de inflamação na faringe. Por isso, alguns cuidados são fundamentais para atravessar o clima seco com a saúde em plena forma. Basta seguir alguns cuidados simples que deixam o corpo livre dessas reações incomodas.

Beba bastante água - Com a baixa umidade do ar, o cuidado mais básico e que deve ser feitos por todos, em especial para idosos e crianças, é hidratar o corpo com bastante água mineral. A hidratação pode ser feita também com sucos de fruta naturais, água de coco, verduras e frutas suculentas. Além disso, evitar o consumo de fast-food neste clima seco é uma boa pedida.

Mantenha a casa limpa - Quanto mais seco o clima, mais ácaros e fungos aparecem, por isso, o acúmulo de poeira pode desencadear as doenças respiratórias. É muito importante, em especial quando o clima estiver seco, manter a higiene doméstica em dia. Passar um pano úmido no piso e móveis afasta a poeira e protege a saúde.

Deixe o sono mai tranquilo - Para uma noite de sono tranquila, o ideal é dormir em local arejado e umedecido. Os ambientes podem ser umidificados com toalhas molhadas, reservatórios de água e até umidificadores

Cuidado com o olhos - Para evitar a secura e a irritação do olhos, o soro fisiológico é uma ótima opção. Use colírios apenas com a prescrição de um especialista.


Atenção especial com a pele - Outra dica que garante a saúde e a beleza da sua pele nos dias de baixa umidade do ar é apostar em cremes hidratantes. Para deixar a pele bonita, é preciso lambuzar o corpo com hidratantes e filtros solares, evitar banhos quentes, demorados, além do uso de sabonetes em barra, que são mais agressivos, e buchas.

Por Carmem Sanches

Comente