Jovem fica anoréxica após obsessão por app de contar calorias

A jovem de 14 anos desenvolveu anorexia nervosa após comer apenas 30 calorias por dia
jovem anorexia app

Foto - The Bristol Post

Beth O'Brien, era uma das muitas garotas britânicas que desejava chegar ao peso ideal. Como muita gente aqui do Brasil, a jovem prometeu a si mesma que emagreceria e alcançaria o IMC (Índice de masa Corporal) saudável neste ano de 2015.


Porém um aplicativo que conta calorias acabou tornando o sonho da boa forma em um verdadeiro pesadelo. De acordo com informações do jornal britânico Daily Mail, a garota tornou-se viciada em contar calorias, o que a levou a desenvolver a anorexia, um perigoso distúrbio alimentar.

Segundo Fran O'Brien, mãe da garota, a filha começou a se importar cada vez mais com a ingestão dos alimentos. Ela faltava nos almoços de família e se trancava no quarto na hora das refeições. A menina, que tinha um IMC um pouco acima da média alcançou o índice ideal porém nem por isso parou de contar calorias com o aplicativo.

Ainda de acordo com a mãe, ela dizia: " Eu não tenho um problema, sou muito gorda e quero ter um IMC de tal e tal", conta. A família apoiou a dieta de Beth nos primeiros dias. Porém conforme a garota foi emagrecendo, o problema ficou não só aparente, como começou a afetar seu bem estar. A jovem precisou ser internada pois já era incapaz de comer. Seu estômago não aceitava comida e ela precisava ser nutrida por um tubo.

Infelizmente, a falta de infraestrutura do hospital de sua cidade a impediu de ser internada por mais tempo. A família passou por um grande aperto para encontrar um leito para Beth.

Histórias como essa mostram que nunca devemos colocar uma dieta acima da saúde. De acordo com Dados do Serviço Nacional da Saúde (NHS) da Inglaterra, publicados no jornal Daily Mail, as internações por anorexia e bulimia dobraram entre garotas de 13 a 19 anos no Reino Unido de 2011 a 2014.

Os especialistas acreditam que grande parte desse aumento se deve ao uso das redes sociais e compartilhamento de fotos de mulheres magras em excesso. Vale lembrar que os aplicativos de emagrecimento podem, sim, ser uma boa alternativa para perder peso. Porém o uso deve ser moderado e, principalmente consciente.

Por Thamirys Teixeira

Comente