Hipertensão arterial tem controle

Hipertensão arterial tem controle

A hipertensão é uma doença com um fator de risco modificável, ou seja, pode ser controlada e deixar de ser um grave problema de saúde pública. A boa notícia vem do cardiologista Jefferson Curimbaba, do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE).

Em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, celebrado em 26 de abril, o profissional afirma que o conhecimento acumulado pela publicação de inúmeros estudos e as campanhas de conscientização, aliadas à oferta de serviços para medir a pressão, facilitaram o diagnóstico, o tratamento e o controle.

Em contrapartida, o estilo de vida moderno pode piorar o impacto nocivo do aumento da pressão. Outros fatores de risco como etnia, obesidade, ingestão de álcool e sal, sedentarismo, fatores socioeconômicos, genética, estilo de vida e estresse podem contribuir para o aparecimento precoce, com aumento e agravamento dos riscos cardiovasculares.

"A falta de sintoma também pode retardar o seu diagnóstico, deixando o paciente exposto mais tempo aos efeitos deletérios da elevação da pressão", revela o cardiologista.

Por essa razão a detecção, o tratamento e o controle da hipertensão são fundamentais. O tratamento da hipertensão pode ser medicamentoso ou não. As medidas não farmacológicas consistem em mudanças no estilo de vida, controle dos fatores de risco, adoção de práticas como atividade física, alimentação saudável, técnicas de relaxamento para o estresse, entre outras, nem sempre mantidas no cotidiano.

[leiamais url="http://vilamulher.com.br/como-controlar-a-ansiedade-11-1-60-48.html" externo="nao"]Como controlar a ansiedade[/leiamais] [leiamais url="http://vilamulher.com.br/alimentacao-para-equilibrar-a-pressao-arterial-11-1-70-683.html" externo="nao"]Alimentação para equilibrar a pressão arterial[/leiamais]

Para controlar a hipertensão, algumas atitudes no dia a dia são fundamentais, tais como manter o peso em dia, evitando o sobrepeso, que dificulta o esforço do coração para conseguir bombear o sangue; praticar atividade física, reduzir o sal das refeições e procurar ter uma alimentação balanceada, evitar o cigarro, o estresse, medir a pressão ao menos uma vez ao ano e tomar os medicamentos recomendados pelo médico, de forma regular.

Por Jessica Moraes

Comente

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?