Glaucoma é a principal causa de cegueira no país

glaucoma

Shutterstock

O glaucoma é a principal causa de cegueira no país, pois aparece de maneira súbita e se desenvolve de maneira bastante silenciosa. Ele já atinge cerca de cerca de 2% dos brasileiros acima dos 40 anos de idade e está entre as doenças oculares mais frequentes no país, com mais de 1 milhão de casos registrados", afirma a oftalmologista Camila Ray, responsável pelo Serviço de Oftalmologia do Hospital do Coração (HCor).

O glaucoma acontece quando o nervo ótico sofre lesões em função de um aumento da pressão intraocular. No início, o Glaucoma é assintomático. Por isso, muitas pessoas só conseguem notá-lo quando o problema atinge o seu estado crítico. Neste estágio ocorre primeiramente a perda da visão periférica. Em seguida, o campo visual começa a ficar estreito, até assumir um formato tubular.

Depois disso, o paciente pode ficar cego, caso não conte com nenhum tipo de tratamento.

"Em casos de glaucoma agudo, que já é outro tipo da doença, o paciente costuma sentir fortes dores de cabeça, fotofobia, enjoo e dor ocular intensa", acrescenta a oftalmologista.

Dois sinais podem indicar a presença de Glaucoma em uma pessoa: pressão intraocular acima da média e lesões perceptíveis no nervo ótico. Para detectar esses dois sinais é preciso que alguns exames sejam realizados.

Já o diagnóstico precoce da doença só pode ser obtido por meio de exames oftalmológicos de rotina. Por isso, a Camila recomenda que pessoas já a partir dos 35 anos procurem um oftalmologista para fazer check-ups regulares. "Diabéticos e pessoas negras com mais de 30 anos - cujo o organismo é mais propenso ao desenvolvimento de pressão alta - também fazem parte deste grupo de risco", afirma a oftalmologista do HCor. "O histórico familiar também é importante para o diagnóstico da doença. Afinal, cerca de 6% das pessoas com glaucoma têm ou já tiveram algum outro caso na família", alerta.

Em um primeiro momento, o tratamento da doença é clínico e à base de colírios.Porém, alguns tipos de glaucoma também podem estar associados a outros distúrbios, como diabetes e hipertensão. Por isso, requerem tratamentos e exames mais específicos.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: glaucoma saúde ocular